O melhor destino para cada mês do ano

Viajar é bom em qualquer época do ano, mas há períodos certos para escolher determinados destinos, dependendo do clima e até do custo-benefício da viagem. A alta temporada é sempre um período menos propício para quem gosta de economizar e aproveitar destinos mais vazios.

Ainda assim, dá para curtir aquele mês de férias em algum lugar menos concorrido, sem chuvas e até a preços mais baixos.

Uma dica fundamental é saber quais são os meses de baixa temporada para conseguir passagens aéreas em promoção.

Para economizar, vale a pena também comprar passagens com milhas, aproveitando os descontos oferecidos pelos programas de fidelidade das empresas aéreas.

Mesmo quem não tem milhas acumuladas, pode comprar passagens com desconto na MaxMilhas, que emite os voos utilizando milhas a preços promocionais durante todo o ano.

Neste texto, indicamos alguns dos melhores destinos para viajar em cada mês do ano. Há opções em alta e baixa temporada, no Brasil e no exterior. É só se programar!

Janeiro

Janeiro é mês das férias escolares no Brasil, portanto alta temporada. Não é fácil encontrar destinos mais baratos nesse mês, mas as condições climáticas auxiliam na hora de escolher países como Peru, Vietnã e Maldivas.

Nos três destinos, janeiro é um mês sem chuvas, o que facilita a visitação. As temperaturas também costumam estar mais amenas, com exceção das Maldivas, que ficam muito próximas à Linha do Equador, sendo quente durante todo o ano.

Outros bons destinos internacionais para janeiro são a Islândia, para quem quer ver a aurora boreal, e Adelaide, na Austrália, para aproveitar tudo o que a região vinícola pode oferecer.

Fevereiro

Em fevereiro, os preços de pacotes de viagens começam a cair, pois as férias escolares já acabaram. Ao mesmo tempo, ainda é possível aproveitar bem alguns destinos estrangeiros de neve, como estações de esqui no Canadá ou nos Estados Unidos.

No Brasil, tirando o feriado de Carnaval, também fica mais barato viajar em fevereiro. Em Bento Gonçalves (RS) dá para participar da colheita da uva. Quem gosta de cruzeiros economiza bastante viajando fora da temporada que ocorre entre novembro e abril.

Março

O calorzinho brasileiro ainda pode ser sentido em março e, se o Carnaval já tiver passado, o mês entra automaticamente para a baixa temporada. É difícil levar as crianças, mas quem pretende viajar sozinho, em casal ou com amigos, pode aproveitar o mês para pegar um solzinho nas praias nordestinas. No Rio Grande do Norte, os turistas praticamente já foram embora e praias como Maracajaú, Pipa e Tourinhos são ótimas opções.

O Chile é outro bom destino para se visitar em março, uma vez que o calor já diminuiu e a sensação de abafamento é bem menor. Com clima mais ameno e fora de temporada, fica melhor visitar o país. Do outro lado do mundo, uma viagem ao Japão vai bem em março, pois marca o fim do inverno e a chegada da primavera, com temperaturas agradáveis e bom preço.

Abril

A baixa temporada chega com tudo em abril, o que significa destinos vazios e mais baratos para tudo que é canto. O clima também já está bem agradável no hemisfério norte, com a chegada da primavera. Portanto, é uma época perfeita para visitar os Estados Unidos. Destaque para Nova York e Nappa Valley, na Califórnia.

Aquela viagem para o Caribe também pode rolar. Não vai estar muito quente, mas é possível conhecer muito mais da cultura local, sem a grande quantidade de turistas da alta temporada.

Maio

Maio é aquele mês coringa com pouca chuva e temperatura amena em vários destinos. É uma ótima época para visitar o Jalapão (TO), uma vez que o calor não é tão forte e está praticamente seco, o que facilita a locomoção e a visitação a pontos turísticos ao ar livre.

Quem quer viajar para fora, aproveita bons descontos para a Polinésia Francesa. Por estar próxima da linha do Equador, vai estar quente, mas menos do que na alta temporada, e seco.

Nas Filipinas pode haver pancadas de chuva em maio, mas as temperaturas também ficam mais amenas. Fora da temporada, é mais barato visitar o país. O mesmo vale para quem deseja viajar para Portugal, principalmente Lisboa. O turista pega a temperatura esquentando, sem precisar concorrer com a quantidade de turistas que vão chegar nos meses seguintes.

Junho

Já é quase verão no hemisfério norte o que significa que os países da Europa estão quase entrando na alta temporada. Última chance para conseguir reservas a preços um pouco mais baixos. Na Itália, a Costa Amalfitana ainda pratica promoções em junho, aquecendo para o mês seguinte.

Na Rússia já é verão e será muito mais agradável visitar o país com temperaturas por volta de 25 graus. No inverno brasileiro, é um momento para visitar destinos montanhosos como Aparados da Serra (RS), onde é possível contemplar os cânions sem a cerração típica do verão.

Julho

Chegaram as férias escolares novamente e mesmo que sejam menos dias de folga, as tarifas da alta temporada voltam a subir nesse período. Para quem quer fugir do frio, a dica é buscar por destinos europeus que já são tradicionalmente mais baratos, como a Grécia.

Em julho, o verão está no auge, com tempo quente e seco, o que possibilita uma excelente estadia nas ilhas gregas, por um pouco menos do que destinos clássicos, como França, Itália e Espanha.

Outra maneira de economizar é procurar destinos exóticos, menos visitados, portanto, mais baratos. Na África, a dica é conhecer as Ilhas Seycheles, em pleno Oceano Índico, com temperaturas entre 22 e 27 graus em julho e tempo seco. Também na costa lesta da África, é possível visitar a Tanzânia e onde é possível ver a migração de manadas de gnus em algum safári.

Agosto

Finalzinho de verão na Europa, agosto é o mês em que os preços começam a cair novamente e fica mais barato conhecer destinos como Côte d’Azur, na França. O calor é intenso, mas as praias ajudam a refrescar.

O mês é excelente também para visitar a Indonésia, já que o mês é seco e não há risco de tempestade. Ótimo momento também para conhecer o Pantanal (MT). Como é época de estiagem, fica mais fácil se deparar com animais silvestres nos passeios guiados.

Setembro

Setembro é um mês e tanto para aproveitar passagens aéreas e hospedagens mais baratas. Estamos na baixa temporada, com outono no Hemisfério Norte e primavera no Hemisfério Sul.

É um bom momento para comprar passagens para Buenos Aires, na Argentina. Em baixa temporada, um dos destinos mais baratos atualmente ganham mais um atrativo além do baixo preço: menos chuvas. No Brasil, também não chove em Fernando de Noronha (PE) e o mar fica tranquilo como uma piscina, com preço de baixa temporada.

Setembro também é ótimo para voar para Pequim, capital da China, já que as temperaturas estão amenas. É indicado evitar o sul do país nesse mês, devido ao período de monções. O outono em Nova Iorque é um excelente atrativo para conhecer a cidade fora da temporada. O Central Park fica lindo com as folhas mudando de cor.

Outubro

Mês das crianças, passagens e hospedagens em outubro podem subir de preço, devido à data comemorativa e ao feriado que emenda 12 a 15 de outubro. Fugindo dessas datas, é possível encontrar promoções para Roma, na Itália. A cidade tem clima ameno nessa época, menos turistas e preço mais baixo. Fica um pouco mais caro viajar para a Tailândia, mas outubro é um dos melhores meses para conhecer o país, já que o tempo está seco.

Mas se você não abre mão de levar as crianças para curtir o mês, vale uma visita ao Beto Carrero World, em Penha, Santa Catarina. Quer um passeio infantil ainda mais clássico? Orlando e sua magnífica Disney World têm temperaturas mais amenas – vai esfriar bem em novembro e dezembro – mas haverá menos turistas e filas menores para os brinquedos.

Novembro

Quer conhecer a Europa? Espere novembro. O mês traz as melhores tarifas para destinos clássicos como Grã Bretanha, França, Suíça e Alemanha. Está começando a esfriar devido ao outono, mas nada tão intenso quanto o inverno europeu. As folhas secas no chão vão deixar seu feed no Instagram lindo!

Na Oceania, a Nova Zelândia é um país duplamente ideal em novembro. No norte, é possível aproveitar trilhas e praia. No Sul, estações de esqui já estão em funcionamento. Bom destino para aventureiros.

Com as chuvas mais fortes no Brasil, destinos com cachoeiras ficam mais atrativos em novembro. Como ainda não chegaram as férias de fim de ano nas universidades, ainda é possível achar alguns descontos. Aproveite para conhecer a Chapada dos Veadeiros (GO), com belíssimas quedas d’água. O Caribe da Amazônia, Alter do Chão (PA) fica imperdível em novembro.

Dezembro

A alta temporada voltou com tudo. Difícil viajar por menos em dezembro, mas há alguns destinos que ainda podem sair um pouco mais baratos. A dica é buscar passagens aéreas para a primeira quinzena do mês, garantindo preços mais baixos.

Para quem ama o Natal, a Europa é um destino precioso. Mercados de Natal ocorrem por todo o continente, mas o destaque vai para a região da Alsácia, na França, completamente decorada para a chegada do Papai Noel.

O mês de dezembro também é a última oportunidade para visitar países do Sudeste Asiático, como Tailândia, Vietnã, Laos e Camboja – com mais horas de sol no dia. Depois desse período vem a temporada de monções e as tempestades podem atrapalhar o passeio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *