Carne de frango da Perdigão pode ter a presença de salmonella; lotes são retirados do mercado




Mais de 164 toneladas de carne de frango in natura da Perdigão, que estão sendo vendidas no Brasil, podem conter a presença de salmonella. Além da quantia destinada ao mercado interno, mais 299,6 toneladas que seriam exportadas também serão recolhidas.

Anvisa abre inscrições para curso gratuito online sobre Manipulação de Alimentos

De acordo com a empresa, os produtos,  cortes congelados de coxa, sobrecoxa, meio peito, filezinho (sassami), filé de peito e coração, saíram do frigorífico de Dourados (MS)

“Apenas uma parte dos lotes incluídos no recall apresentou resultado positivo para essa bactéria. Mas, como possuem as mesmas datas de fabricação de lotes com teste positivo, todos estão sendo retirados do mercado com base no princípio da precaução”, afirma a BRF.

Esses produtos já estão sendo comercializados no Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

As carnes de frango que ainda não chegaram ao consumidor final, serão recolhidas. “A BRF entrou em contato com todos os clientes que receberam os produtos com as datas de produção mencionadas. Realizamos o inventário dos estoques e asseguramos que as quantidades ainda não comercializadas sejam bloqueadas e recolhidas. Esta fase que se inicia com o recall visa buscar os produtos que porventura estejam com os consumidores finais e ainda não tenham sido consumidos. Importante dizer que, caso algum produto tenha sido consumido, não representa risco à saúde se foi devidamente cozido e corretamente manuseado, conforme orientação do fabricante.”



A empresa alerta que caso o consumidor ingira o alimento sem estar cozido corretamente, poderá apresentar dores abdominais, diarreia, febre e vômito.

Quem comprou e tiver um dos lotes do recall deverá enviar um e-mail para recolhimento.sac@brf.br.com ou ligar para 0800-031-1315 para realizar o procedimento de troca.

 

 

Milena

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013. Contato: milena@horabrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *