Emagreceu, mas empacou? Saiba o que está acontecendo e seque o que falta

Geralmente, o início da dieta é uma maravilha, já que perdemos peso rapidamente e com facilidade. Depois de algum tempo seguindo a dieta, entretanto, o ponteiro da balança parece estacionar, fazendo parecer impossível perder mais peso. Você emagreceu mas empacou? Essa fase recebe o nome de efeito platô e é um problema para diversas pessoas que fazem dieta, que acabam sem saber quais medidas tomar para voltar a perder peso.




Por que o efeito platô acontece, como evitá-lo (ou sair dele) e secar o que falta? Confira nossas dicas abaixo. Mas antes, entenda mais sobre o efeito platô.

O que é o efeito platô?

É a reação do nosso organismo ao tentar se adaptar a uma dieta. Quando essa adaptação acontece, o corpo estabiliza o emagrecimento e paramos de perder peso. Em outras palavras, é uma maneira de proteção do organismo: ao perceber que estamos ingerindo menos calorias do que foi antes, ele se acostuma com a nova quantidade mas passa a se preservar e poupar calorias.

O que causa o efeito platô?

O principal motivo do efeito platô são as famosas dietas muito restritivas em calorias e pobres em nutrientes. Ao montar um cardápio assim, perdemos muito peso em pouco tempo mas ao mesmo tempo o metabolismo do corpo é desacelerado. Dietas restritivas em conjunto com sedentarismo são ainda piores, pois o metabolismo tende a ficar ainda mais lento, contribuindo para o aparecimento do efeito platô.

O ‘set point’

O fenômeno do set point é outra provável causa do efeito platô. Quando mudamos drasticamente o nosso peso – principalmente após um longo tempo acima do peso ideal -, nosso organismo recorre a mecanismos metabólicos para convergir ao peso antigo. Ou seja, se você permaneceu obeso durante décadas, mas durante um ano emagreceu e conseguiu a forma física de um atleta, o metabolismo de obeso continuará durante um tempo. Durante esse período de “manutenção” (e adaptação) do corpo, é necessário ficar ainda mais atento a qualquer descuido, que significa um rápido acúmulo de gordura corporal.

No final das contas, o que traz resultado duradouro é uma dieta equilibrada, que não restringe nenhum grupo alimentar, e a força de vontade, já que mesmo após o peso desejado ser atingido é necessário olhos abertos até que nosso organismo se acostume com nosso novo corpo.



Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *