Veja a lista completa de participantes do BBB 18

O Big Brother Brasil 18 começa nesta segunda-feira, 21 de janeiro. A lista completa dos participantes do BBB 18 foi divulgada na tarde desta quinta-feira (18).




Fernanda Keulla e Vivian Amorim, ex-BBBs e repórteres da 18ª edição, conversaram com alguns ex-participantes enquanto a lista do ano não foi divulgada. Fernanda ficou conversando com ex-participantes como Lia Khey, Serginho, Francieli Medeiros e Diego Grossi. Já Vivian Amorim, vice-campeã da 17ª edição, invadiu os quartos de hotel dos participantes da edição de 2018.

Foi divulgado anteriormente que a 18ª edição terá uma família inteira confinada. O público irá votar por um membro da família para que ele continue na disputa.

Confira abaixo a lista completa dos participantes do BBB 18 e o que eles conversaram com Vivian Amorim no quarto de hotel.

Ana Paula, 23 anos

Estudante de Jornalismo / Santa Catarina

Vivian perguntou qual será a primeira coisa que Ana Paula vai fazer quando entrar no BBB 18. “Gritar de alegria, provavelmente. Não pensei sobre”, respondeu. Ela afirmou que não tem medo de nada. “Estou aqui para jogar”, afirmou. “Minha estratégia será ser alguém muito alegre. Sempre vou estar com alto astral. Além de eu ser uma pessoa de muita fé. Eu sou bruxa. Todos os santos estão comigo, espero que dê tudo certo”.





Breno, 29 anos

Arquiteto / Goiás

Vivian perguntou o que Breno andou fazendo no quarto de hotel. “Fiz exercício físico, olhei a paisagem, desdobrei roupa, li livro, bebi água… A gente inventa [o que fazer]”, respondeu. Em seguida, Vivian perguntou o que ele vai querer fazer assim que entrar no BBB 18. “Gosto de fazer amizade. Quero chegar cumprimentando todo mundo”, respondeu. Por fim, ela perguntou se ele tem medo de alguma coisa. “Não tenho medo. Prefiro arriscar, me arrepender de algo que fiz do que não fazer. Minha estratégia é ser eu mesmo. O jogo vai ser consequência”.

Caruso, 34 anos

Publicitário / São Paulo

O publicitário contou a Vivian o que quer fazer assim que entrar no confinamento. “Dar um pulo na piscina, de roupa e tudo. Espero não estar com o microfone no bolso”, respondeu. Em seguida, ele falou sobre o medo que terá no BBB 18. “Tenho medo de falar alguma coisa pela repercussão que pode ter. Às vezes, uma vírgula errada pode causar problemas”, disse ele. “Quero ser resiliente o tempo inteiro, agir com meus princípios e seguir o jogo. Quem for mais forte vai ganhar o prêmio. Acho que vou jogar sozinho, não quero fazer alianças e nem ter grupinho”.





Diego, 31 anos

Escritor / Pará

Em conversa com Vivian, Diego respondeu sobre o seu medo no BBB 18. “Não sei se tenho medo específico. Mas uma coisa que poderia me abalar um pouco é se eu não fosse bem recebido. Eu sempre fui muito bem recebido”, disse ele. “Eu vou ser eu mesmo e deixar rolar. Vou tentar ser verdadeiro, falar o que preciso, me aproximar das pessoas que me acolherem bem e tentar me afastar de quem parece nocivo”, respondeu Diego sobre sua estratégia de jogo. Sobre jogar sozinho ou em grupo, ele respondeu: “Vai depender de quem está lá dentro. Mas pretendo não ficar sozinho, já basta ter ficado sozinho no hotel”.

Gleici, 22 anos

Psicologia / Acre

Vivian perguntou para Gleici o que ela quer fazer assim que entrar no confinamento. “Acho que vou gritar”, respondeu. A participante também contou qual seu medo no reality show. “Tenho medo de alguém me tirar do sério e eu brigar”, revelou. Ela também respondeu sobre sua estratégia de jogo. “Eu não consegui montar uma estratégia porque não sei quem são as pessoas com quem vou conviver. O jogo vai começar quando eu conhecer os outros participantes. Estou muito curiosa”, disse ela. “Prefiro fazer alianças [dentro do jogo]”.





Jaqueline, 23 anos

Biomédica / Rondônia

Jaqueline respondeu para Vivian o que ela vai fazer quando entrar no BBB 18. “Agradecer. E cantar uma música, eu acho”, disse. Ela também falou sobre ter medo de algo do confinamento. “Medo? Acho que não. O que eu tinha que passar para chegar até aqui, já foi”, disse ela. Vivian perguntou qual será a estratégia de jogo de Jaqueline. “Eu vou tentar segurar tudo até onde eu ver que dar. Vou tentar não bater de frente”, respondeu. “Nos primeiros dias eu vou conhecer todo mundo. Vou dar o melhor de mim para conhecer as pessoas. Vou procurar fazer amizade com quem eu quero do meu lado e quem eu não quiser, não vou falar mal”.

Jéssica, 26 anos

Personal trainer / Santa Catarina

Sobre a primeira coisa que vai fazer quando entrar no confinamento, Jéssica respondeu: “Agradecer, não tem como. Já estou fazendo isso todo dia. Aqui [no hotel] dá ansiedade, mas tô procurando viver isso. Pisar na casa vai ser uma gratidão maior ainda”. Sobre o seu medo dentro do jogo, ela disse: “Talvez do exagero. Ficar quieta demais ou falar demais, essas extremidades. Esse confinamento [no hotel] está sendo bom para pensar como agir e não pecar no excesso”. Jéssica também contou qual sua estratégia de jogo e se fará jogo solo ou em grupo. “Minha mãe falou para eu ser eu mesma, porque aqui fora as pessoas gostam de mim e lá dentro também irão gostar”, disse ela. “No início vou procurar conhecer todo mundo e conversar com todo mundo. Vou evitar criar grupo. Com o tempo é inevitável. Mas no começo vou tentar ao máximo ser amiga das pessoas”.





Kaysar, 28 anos

Garçom / Paraná

O pai e a mãe de Kaysar moram na Síria. Foi embora da Síria em 2011 e está no Brasil desde 2014. Ele é apaixonado por Brasil e por passarinhos. Kaysar afirmou que a primeira coisa que vai fazer ao entrar no confinamento é “gritar”. Sobre o seu medo dentro do confinamento, ele respondeu: “Saber como estão minha mãe e meu pai. Fora isso, estou me sentindo um rei”. “Ser muito feliz, como eu sou”, respondeu Kaysar sobre sua estratégia de jogo.

Lucas, 27 anos

Empresário / Ceará

Lucas contou para Vivian o que vai fazer quando entrar no reality show: “Correr e entrar na piscina. Acho que quando entrar na piscina vou ter noção de que estou no BBB 18”. Sobre os seus medos no confinamento, respondeu: “Prefiro não pensar nos medos. Estou ansioso e muito feliz. Primeira vez que me inscrevi, tô muito feliz”. O participante ainda falou sobre sua estratégia para tentar ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão. “Vou ser eu mesmo. Cearense, tranquilo e focado. É a minha estratégia. Não tem muito o que bolar. O que é bolado, cai”, disse ele. Sobre jogar sozinho ou em grupo, prefere decidir dentro do confinamento.  “Quero conhecer a galera toda. Se for para criar grupo, vou saber disso no dia a dia”, disse ele.





Mahmoud, 27 anos

Sexólogo / Rondônia

Mahmoud contou para Vivian como foram os seus dias de confinamento no hotel. “Os primeiros dias foram muito difíceis, mas depois me acostumei. Estou adorando”, disse ele. Ele contou o que vai fazer ao entrar no BBB 18: “Vou mandar um beijo para Manaus e Porto Velho, minhas cidades queridas”. Mahmoud revelou qual é o seu maior medo no reality show. “Tenho medo de sair na primeira semana, porque abri mão de uma viagem para 30 países recebendo em euro para entrar no BBB”, disse ele.” “Não tenho estratégia por enquanto, preciso conhecer as pessoas. Eu acho que é um jogo individual, mas eu tenho que me misturar, porque tenho que sobreviver dentro da casa”.

Mara, 53 anos

Cientista política / Minas Gerais

A cientista política Mara afirmou que não tem medo de nada. “O medo corrói a alma. Não tenho medo de nada, só medo de acontecer algo com minha filha”, disse ela. “Ainda estou pensando na estratégia, depende de quem são os outros jogadores”. Mara afirmou ainda que é importante se relacionar bem com todos os demais brothers. “É importante se entrosar com as pessoas que você tem afinidade. É um jogo, mas também pode ser uma diversão. O BBB, pra mim, é uma brincadeira que você arrisca muita coisa e joga com ética”, disse.





Nayara, 33 anos

Jornalista / São Paulo

Nayara respondeu para Vivian sobre ter medo no BBB 18. “Não tenho medo. A gente está preparado a ficar confinado 3 meses. Não adianta reclamar. Não tenho medo, mas um pouco de ansiedade”, disse. “Eu só sei ser muito honesta e sincera. As pessoas vão notar muito minha sinceridade. Minha estratégia é ficar junto de quem precisa. Não vou deixar muito fácil para playboy. Acho que ninguém joga sozinho. Precisamos socializar. Inicialmente ninguém joga sozinho. Espero fazer alianças boas”.

Patrícia, 32 anos

Funcionária pública / Ceará

Patrícia revelou o que deseja fazer assim que entrar no BBB 18. “Olhar no olho de cada um. Para ver a pessoa e o que ela é. O olho é a janela da alma, já entrega muita coisa”, disse ela. “Tenho medo do público. Meu temperamento não é dos mais fáceis. O público pode me interpretar de outra forma. Eu quero e vou ser eu mesma, independente do que acho que as pessoas vão pensar”. A sister disse que não tem estratégia para ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão. “Não tenho estratégia. Quem disser que tem, não tem. A estratégia se baseia no seu inimigo. Não tem como saber em que canto você vai trabalhar se você não conhece ninguém. Minha estratégia vai ser ser eu mesma. É um jogo, não posso esquecer disso”, contou. “Grupinho é um coisa que eu naturalmente faço na vida. É inevitável para mim”.





Paula, 29 anos

Empresária / Minas Gerais

Paula ainda não sabe o que vai fazer assim que entrar no BBB 18. “Não tenho ideia. Tô muito animada, gosto muito de curtir. Tô pensando em me divertir”, disse. “Não tenho nenhum medo. Estou tão esperançosa, achando que vai ser tão legal, que tô meio sem medo”. Sobre estratégia de jogo, ela explicou: “Sou ex-atleta. Vou tentar usar da minha força física para ganhar algumas provas de resistência. A princípio, o que posso fazer é isso. E fazer amizade. Eu sou bem comunicativa. Tenho facilidade em fazer amizade e no convívio em grupo. Acho que vou criar aliados e fazer meu grupo, até para sobreviver mais tempo no jogo”.

Viegas, 33 anos

Músico / São Paulo

“Tem muita que não deu para pensar tanto, porque é preciso conhecer a galera. Não tenho medo. Tenho um certo receio de que as pessoas que estejam assistindo não consigam interpretar algumas coisas que acredito e priorizo. Estamos vivendo um momento muito louco, todos querem opinar, falar, todos têm voz, mas ninguém tem ouvido”, disse Viegas. Sobre a estratégia de jogo, ele preferiu manter o mistério. “Muitas estratégias. Um arsenal de ideias. Não dá para contar. Vão ter que assistir”, disse. “Sozinho a gente não vai muito longe, na vida e no jogo. Se unir é algo bem importante dentro da casa”.

Wagner, 35 anos

Artista visual/ Paraná

Último participante a ser confirmado, Wagner contou qual é a primeira coisa que deseja fazer no BBB 18 e respondeu se tem medo de algo do confinamento. “Vou ouvir as histórias de vida, contar as minhas e participar ativo de todas as atividades da casa. Aproveitar esse momento da maior maneira possível”, disse ele. “Tenho medo de ser usado, de ser manipulado para fazer parte de um esquema que eu não pertenço. Medo de ser instrumento de jogo de outra pessoa”. O participante contou também qual é sua estratégia de jogo. “Minha estratégia é mover as peças devagar, um pouco de cada vez. E me articular com quem tenho mais afinidade. E criar grupo ou não. Vou preferir criar alianças”, contou.




Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *