Estudante de medicina veterinária é preso por porte ilegal de arma




O estudante de medicina veterinária, Juliano Dante da Silva, 25 anos foi preso, na quarta-feira (18), foi preso após serem encontradas armas e munições enterradas no quintal da sua casa. O rapaz é aluno de uma faculdade no Gama (DF).

Veja também: Surto de toxoplasmose em Santa Maria preocupa população

Ele foi preso na casa em que mora com os pais, em Luziânia – DF. A suspeita inicial da Polícia Civil é que o rapaz alugasse as armas para outros criminosos na cidade. As quatro armas e mais de 200 munições estavam dentro de sacos de ração enterrados no quintal. Ele se negou a dizer a origem do que foi encontrado.

“Nas duas pistolas 380 constam a numeração, na calibre 12 também consta a numeração, mas na 9 milímetros não. A 9 milímetros será encaminhada para a perícia, a fim de extrair a numeração. Tão logo extrair a numeração, será entregue para o Exército para que eles informem detalhes sobre estas armas, e a gente entenda de onde elas vieram”, disse o delegado em entrevista ao G1.



De acordo com o portal, a polícia informou que o estudante de medicina veterinária, Juliano Dante da Silva, em 2015, já foi investigado sob suspeita de envolvimento com uma tentativa de homicídio.

Preso por porte ilegal de arma, caso seja condenado, o estudante poderá ficar até 6 anos preso.

Milena

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013. Contato: milena@horabrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *