Caetano Veloso relembra que foi vaiado pela plateia ao cantar ‘É Proibido Proibir’




Caetano Veloso estará no Fantástico, que vai ao ar neste domingo (6). O cantor vai relembrar 1968 e um momento que ficou marcado em sua carreira: o dia em que foi intensamente vaiado pela plateia ao cantar ‘É Proibido Proibir’.

Veja também: Padre Fábio de Melo revela no Mariana Godoy Entrevista: ‘Pensei em morrer muitas vezes’

A música evocava um dos gritos da juventude que havia virado Paris de cabeça para baixo em maio de 1968, no Festival Internacional da Canção. Com as vaias, Caetano parou tudo e fez um discurso.

Cinquenta anos depois, o repórter Marcelo Canellas leva Caetano de volta ao Teatro TUCA, em São Paulo, para falar sobre esse momento marcante em sua carreira e na história. O jornalista o convida a cantar novamente “É Proibido Proibir” no palco do programa, acompanhado pelos filhos Moreno, Zeca e Tom.

“Essa geração de 68 pretendia transformar o nosso país. E a gente vive hoje as mesmas dificuldades do ponto de vista da desigualdade, da concentração de terras, da concentração de renda”, compara o cantor.  

Ouça o discurso histórico de Caetano Veloso



O Fantástico com Caetano Veloso vai ao ar na noite de domingo, dia 29, depois do ‘Domingão do Faustão’.

 

 

Milena

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013. Contato: milena@horabrasil.com.br

Um comentário em “Caetano Veloso relembra que foi vaiado pela plateia ao cantar ‘É Proibido Proibir’

  • 30 de abril de 2018 em 12:22
    Permalink

    Essa matéria é para justificar e encobrir as vaias que recebeu esses dias, no show com sua família. Foi vaiado 2 vezes: Uma ele e outra o filho. MATERIAL QUE VC POSTOU TEM FUNÇÃO CLARA: CONTROLE DE MÍDIA.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *