Atividades como ler livros e jogar jogos pode ajudar a prevenir a demência, diz estudo

 

Ler livros é um hábito saudável já comprovado por vários estudos. Um estudo publicado recentemente no jornal JAMA Psychiatry observou, por aproximadamente cinco anos, mais de 15.500 pessoas a partir de 65 anos que viviam em Hong Kong. No início do estudo, nenhuma dessas pessoas tinham demência, mas no fim do estudo, mais de 1.300 tinham desenvolvido o distúrbio.

No início do teste e durante entrevistas no decorrer do estudo, as pessoas respondiam perguntas sobre suas atividades realizadas no último mês, como ler livros, revistas, jornais, ou jogar jogos de tabuleiro ou de cartas. Além disso, eles tinham a saúde geral avaliada. 

Leia também: Stephen King vai lançar mais um livro em outubro




Os estudiosos descobriram que a ocorrência da demência era um pouco menor entre as pessoas que disseram que faziam atividades intelectuais em comparação com as pessoas que faziam menos atividades. Esse risco menor de desenvolver a doença parece não ter relação com hábitos como fazer exercícios regularmente e ter uma alimentação saudável.

A demência “é uma síndrome resultante do declínio progressivo da capacidade intelectual do indivíduo. Caracteriza-se pela perda da capacidade de memorizar, de resolver os problemas do dia a dia, o que interfere em seus relacionamentos e atividades sociais e profissionais”, explica o Dr. Ricardo Nitrini, médico neurologista.

Flávia Resende

Escreve sobre quase tudo, principalmente livros, séries, viagens, idiomas, educação, futebol e saúde. Também é redatora e editora na Contentools e na Blasting News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *