O Mundo Sombrio de Sabrina é processada por templo satanista

A série O Mundo Sombrio de Sabrina, lançada na Netflix na sexta-feira, 2 de novembro, já está causando problemas para o serviço de streaming.

Um templo satanista está processando a produção alegando que uma imagem de propriedade deles aparece nos episódios.

O Mundo Sombrio de Sabrina: entenda por que a série está sendo processada

Uma organização chamada de Templo Satanista (The Satanic Temple, em inglês) está processando a produção e a Warner Bros. pelo uso de uma estátua de Baphomet acompanhado de duas crianças em vários episódios da série. Segundo a organização, a imagem é de propriedade deles. Além disso, declararam que a maneira que a religião é retratada na série não condiz com a realidade.

Foram anos de cuidadas decisões de design, investimento financeiro pessoal quando o financiamento coletivo não deu certo, e muitos anos elaborando o significado desse monumento. Tudo para que aqueles que nos silenciam usarem a imagem com a intenção de dar uma boa risada“, informou o comunicado oficial da organização.

Até o momento, a Netflix e a WB TV não se pronunciaram sobre o processo.

Vale lembrar que a série de TV faz paródia da Igreja Satânica, que disse em seu Twitter que não tem nada a ver com a polêmica criada pela organização TST.

Foto: Divulgação/Nteflix

Flávia Resende

Escrevo sobre quase tudo, principalmente livros, séries, viagens, idiomas, educação, futebol e saúde. Também sou redatora e editora na Contentools e na Blasting News. Contato: flavia_horabrasil@yahoo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *