EconomiaNotícias

Inflação dos alimentos registra a maior alta para janeiro desde o início do Plano Real

A inflação nos preços dos alimentos em janeiro de 2016 fez com que esse setor registrasse o maior resultado para o mês de todo o período do Plano Real, representando alta de 2,28%. A maior alta até agora havia sido em 2003, quando o aumento nos preços dos alimentos foi 2,15%. A série histórica foi iniciada em 1995.


De acordo com o IBGE, se todos os meses forem considerados, esse resultado em janeiro foi o pior desde dezembro de 2002, quando o índice foi de 3,91%. Ao considerar os últimos doze meses, os alimentos estão 12,90% mais caros.

As três maiores altas em janeiro no Brasil foram em Vitória, Salvador e Goiânia, com 3,66%, 3,60% e 3,22%, respectivamente. Porto Alegre foi a cidade com o menor aumento, de 1,20%.

Produtos comprados para consumo em casa aumentaram 2,89%, já a alimentação fora de casa subiu 1,12%. Os alimentos que mais aumentaram o preço foram a cenoura (32,64%), tomate (27,27%), cebola (22,05%) e batata-inglesa (14,78%). As altas podem ser explicadas pelo El Niño, valorização do dólar e encarecimento do frete.

Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios