EntretenimentoFamosos

Polícia vai indiciar marido de Caroline Bittencourt por homicídio culposo

Na noite de segunda-feira (06), a Polícia Civil informou que irá indiciar o empresário Jorge Sestini, marido de Caroline Bittencourt, por homicídio culposo.


Na noite de segunda-feira (06), a Polícia Civil informou que irá indiciar o empresário Jorge Sestini, marido da modelo Caroline Bittencourt, por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A modelo faleceu ao cair de uma lancha durante vendaval no litoral norte de São Paulo, dia 28 de abril.




O indiciamento foi decidido após o delegado responsável por inquérito ouvir o dono da marina de onde a embarcação partiu. O marinheiro que resgatou o empresário também foi ouvido. A data do depoimento de Sestini ainda não foi marcada.

O delegado Vanderlei Pagliarini afirma que houve negligência por parte do empresário, que foi advertido sobre o mau tempo. A informação sobre o mau tempo foi confirmada no depoimento de Lenildo de Oliveira, proprietário da Lemar Garagem Náutica. Ele informou à polícia que alertou o marido de Caroline a ficar atento às mudanças climáticas. A conversa aconteceu antes do casal partir da marina, em São Sebastião.

Domingo, dia da tragédia, Oliveira recebeu novamente alertas sobre o tempo na região e encaminhou para os clientes da marina, incluindo Sestini. Às 15h44, o marido da modelo agradece o aviso e informa que já está no canal entre São Sebastião e Ilhabela, com retorno previsto para as 17h30. O vendaval aconteceu por volta das 17h.

Em seu depoimento, Oliveira contou que tentou contato com o casal às 17h15, para alertar que não tentassem a travessia, já que as condições climáticas haviam piorado, e não teve retorno. “Sabedor do mau tempo que assolava naquele momento a região, (…) resolveu por lançar-se ao mar, não providenciando ao menos que a vítima utilizasse um colete salva-vidas, como lhe competia, negligência indiscutível que remete aos fundamentos dos delitos culposos”, afirma o delegado em documento.




Caso seja condenado por homicídio culposo, Sestini pode pegar entre um e três anos de detenção.


Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios