EntretenimentoFamososNotícias

Mulher que acusou Neymar de estupro entrega novas provas para polícia

De acordo com o UOL Esporte, a mulher que acusou Neymar Jr. de estupro entregou novas provas à Polícia Civil de São Paulo.


De acordo com o UOL Esporte, a mulher que acusou Neymar Jr. de estupro entregou novas provas à Polícia Civil de São Paulo. A mulher acusou o jogador de estupro durante encontro em Paris.




As novas provas, de acordo com o site, são imagens que não estavam no boletim de ocorrência, registrado na última sexta-feira (31). De acordo com fontes, as imagens mostrariam que o jogador agiu de forma agressiva.

Em seu depoimento, a vítima afirmou que o jogador estava embriagado no dia 15 de maio e que aconteceu relação sexual sem consentimento. Ela retornou ao Brasil dois dias depois, dia 17 de maio, e registrou o boletim de ocorrência agora por estar psicologicamente abalada.

O pai do jogador deu entrevista à Datena após o registro do B.O. e afirmou que se tratava de uma “armação”. “Foi uma relação consentida, não houve estupro. Neymar a conheceu, mas a partir do momento que ele percebeu que era uma armação, ele saiu fora e guardou toda a documentação, porque ele sabia que podia ter problema. Ela queria mais encontros, queria captar a imagem, mas o Neymar não aceitou. Agora ele vai apresentar à Justiça para poder mostrar que era uma armadilha que ele caiu”, disse ele.


Já o jogador utilizou sua conta no Instagram para mostrar algumas imagens da conversa com a mulher e afirmar que era vítima de extorsão.



Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios