Esportes

Interações online ganham espectadores e mudam perfil da audiência esportiva no país

O aumento de brasileiros com acesso à internet, algo ocorrido nos anos recentes, está transformado a forma que o público e os fãs de esportes acompanham as transmissões. Seja com streamings, jogos onlines ou até portais de apostas esportivas, a ideia de um espectador sentado no sofá, e sem qualquer interação, está ficando para trás. Por isso, algumas empresas começam a ganhar força no mercado.

Um exemplo disso é o popular Cartola FC, que foi criado pelo setor esportivo de futebol do portal da Globo. É um jogo ao estilo fantasy, algo já bastante popular na Europa e que tem crescido no Brasil. O objetivo é criar um time, escalar jogadores que disputam o Campeonato Brasileiro e fazer pontuação dependendo do rendimento do atleta na vida real. Segundo o próprio site, foram quase 10 milhões de usuários cadastrados em 2018.

Saindo do futebol, e indo para o automobilismo, é possível ver o crescimento do uso das redes sociais com os fãs. A MotoGP, por exemplo, possui um site, e um aplicativo oficial, que dá acesso a notícias e vídeos de bastidores e das corridas. Ou seja, é um conteúdo exclusivo para quem não quer ficar apenas na TV. A Fórmula 1 também tem buscado oferecer mais serviço online.

Porém, existe um setor que tem crescido bastante, e que alcança todos os esportes desejados. São os sites dedicados a apostas online, que já começaram a se multiplicar por aqui, principalmente pela interação com os resultados. O portal Notícias de Futebol, em reportagem publicada, realizou uma disputa de betfair x bet365. É uma comparação e explicação dos dois principais portais de apostas no Brasil. Apenas para citar alguns que funcionam por aqui.

Streamings ganham emissoras

Com a migração das pessoas para a internet, e um certo abandono da TV, algumas emissoras começaram a investir na área. O SporTV já possui serviço no Globosat Play, em que realiza transmissões dos canais principais. Ou seja, é possível assistir aos programas com um smartphone ou computador. O mesmo acontece com a ESPN Brasil, que já tem alguns anos trabalhando com o WatchESPN e é um sucesso entre os fãs.

Recentemente, duas empresas chamaram mais atenção neste setor. A primeira foi o Esporte Interativo, que abandonou todos os serviços para TV e está dedicando toda a programação para o online. Utilizando o EI Plus, a emissora passa jogos da Liga dos Campeões e também alguns torneios nacionais. Uma parceria com o Facebook permite que tenham alguns conteúdos exclusivos nas redes sociais.

a DAZN ainda não estreou oficialmente no Brasil, porém já chama atenção. Conhecida como a Netflix dos esportes, a emissora britânica vai começar a operar em março e promete fazer a concorrência ficar alerta. Com os direitos de transmissão da Copa Sul-Americana de futebol, e alguns torneios de lutas, é de se esperar que ganhe o mercado nacional. O serviço é completamente online, usa tecnologia de streaming, e busca um baixo custo.

As mudanças no cenário de esportes, seja na transmissão ou então na interatividade, já é real e começa a impactar em diferentes áreas. Ainda é preciso esperar e ver como isso pode abrir espaço para outros esportes, ou então para mais alcance de transmissão. Afinal, o esporte brasileiro aceita qualquer apoio e atenção que surgir.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios