NotíciasPolítica

João Santana e Mônica Moura assinam acordo para iniciar delação




De acordo com O Globo, João Santana e sua esposa Mônica Moura assinaram termo de confidência com a Procuradoria-Geral da República. Isso dá início ao processo formal de delação premiada na Operação Lava Jato. O casal já está preso há cinco meses em Curitiba.

Mônica negociou colaboração já em abril. Na época, os procuradores afirmaram que não havia sentido numa delação dela sem participação do marido, que era marqueteiro do PT.

Aos procuradores, Mônica Moura já afirmou que Guido Mantega e Antonio Palocci, ex-ministros da Fazenda, e Vaccari intermediaram pagamentos de caixa 2 para a campanha de 2014 da presidente Dilma. De acordo com ela, R$ 10 milhões não foram declarados à Justiça. O advogado de Mantega confirmou que teve encontros com a sócia de João Santana mas disse que não tratou de pagamentos.

Moura ainda afirmou que houve caixa 2 na campanha de eleição de Dilma, em 2010, na reeleição de Lula, em 2006, e nas campanhas municipais de Fernando Haddad, em 2012, Marta Suplicy, em 2008, e Gleisi Hoffmann, em 2008, além da campanha de reeleição de Dilma em 2014.

O casal responde por lavagem de dinheiro e corrupção passiva. O acordo está em fase de negociação, então eles ainda não prestaram depoimentos.

Etiquetas
Mostrar mais

Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios