EsportesFutebol

Chuta, mas não faz: saiba quais são os ataques menos eficientes do Brasileirão Série A

Construir uma boa jogada, chegar à área adversária e vencer o goleiro é o desafio de todo a equipe para conseguir um gol numa partida de futebol. A tarefa que parece tão simples, no entanto, para alguns times do Campeonato Brasileiro 2019 (Brasileirão Série A) – como Avaí, CSA, Cruzeiro e Chapecoense – tem sido uma tremenda dor de cabeça.

Betsul, o melhor site de apostas esportivas da América do Sul, consultou os dados do Footstats, parceiro oficial de estatísticas do Brasileirão, e fez um levantamento do número de finalizações (com o jogo em andamento) dos times no nacional para te revelar quem são as equipes que tem sofrido para balançar as redes. Fique de olho para não apostar em quem não faz gols, hein!

O CSA é de longe o time com a pior média de finalizações e gols, e não à toa ocupa a 18ª colocação na tabela de classificação. Em 22 jogos, o Azulão chegou ao gol adversário em 202 vezes e só marcou 11 tentos. O Azulão de Alagoas tem uma média de 18.36 chutes para estufar as redes de um rival.

Também lá na zona de rebaixamento, o Avaí, atual 19ª colocado, vice-lanterna da competição, não anda bem de pontaria na competição. Com 12 gols em 22 partidas, o Leão da Ilha já disparou 241 chutes ao longo do torneio nacional e possui média de 20.08 tentativas para gritar gol.

No Cruzeiro das estrelas Thiago Neves, Fred, Dedé e Pedro Rocha, a falta de pontaria na hora de finalizar tem custado caro. A Raposa chegou 249 vezes a meta adversária – número superior ao quarto colocado Corinthians, por exemplo, que bateu a gol 241 vezes – e errou 149 finalizações. O time mineiro anotou 17 tentos até a 22ª rodada e tem média de anotar uma bola na rede a cada 14.65 disparos.

Colado na equipe mineira, a Chapecoense, última colocada do Campeonato Brasileiro 2019, aparece como a quarta equipe com pior desempenho ofensivo no ranking dos que finalizam, mas não acertam as redes: são 266 chutes para apenas 18 gols – média de uma bola na rede a cada 14.78 conclusões a gol.

O Botafogo é o único clube do top-5 dos que finalizam sem sucesso a não estar na zona de rebaixamento, mas o desempenho é tão pior quanto. O Glorioso ocupa a 12ª posição com 27 pontos e seus números na cara do gol são preocupantes: 195 finalizações para 19 gols e média de um grito de gol a cada 10.26. O diferencial do time carioca é o fator bola parada: são mais de 10 tentos no nacional.

Na atual edição de 2019 do Brasileirão Série A, foram, ao todo, 5.337 finalizações a gol em 220 jogos, segundo o Footstats, e aconteceram 506 bolas na rede – uma média de 2,30 tentos por partida.

RANKING DOS PIORES FINALIZADORES DO BRASILEIRÃO 2019:

1- CSA – 202 finalizações – 11 gols – média de 18.36

2- Avaí – 241 finalizações – 12 gols – média de 20.08

3- Cruzeiro – 249 finalizações – 17 gols – média de 14.65

4- Chapecoense – 266 finalizações- 18 gols – média de 14.78

5- Botafogo – 195 finalizações – 19 gols – média de 10.26

6- Vasco da Gama – 291 finalizações – 19 gols – média de 13.86

7- Goiás – 245 finalizações – 21 gols – média de 11.14

8- Ceará – 254 finalizações – 22 gols – média de 11.55

9- São Paulo – 268 finalizações – 22 gols – média de 12.37

10- Fortaleza – 255 finalizações – 23 gols – média de 10.63

APOSTE NOS JOGOS DA 23ª RODADA DO BRASILEIRÃO 2019:

SÁBADO (05/10)

17h – São Paulo x Fortaleza

17h – Vasco da Gama x Santos

19h – Grêmio x Corinthians

19h – Bahia x Athletico-PR

21h – Cruzeiro x Internacional

DOMINGO (06/10)

11h – Chapecoense x Flamengo

16h – Ceará x Goiás

16h – Palmeiras x Atlético-MG

16h – Botafogo x Fluminense

19h – CSA x Avaí

Fonte: Betsul

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios