Big Brother BrasilEntretenimentoNotíciasReality ShowSão PauloSudeste

Prior do BBB 20 estava proibido de frequentar a InterFAU desde 2018

Felipe Prior, participante do BBB 2020, que foi eliminado na última terça-feira (1), foi acusado de dois estupros e de uma tentativa. Após a denúncia, que foi revelada pela revista Marie Claire, ter sido divulgada, a InterFAU se pronunciou.




De acordo com a nota oficial, Felipe Prior está proibido de participar do InterFAU desde 2018. A decisão foi tomada, após eles terem recebido “mais de uma denúncia acusando-o de assédio, além de uma acusação de crime sexual durante o InterFAU de 2018”, revela a nota oficial.

Felipe Prior, do BBB 20, tem duas acusações de estupro e uma tentativa de estupro

O participante do BBB 20 está proibido de participar do evento desde outubro de 2018. A competição poliesportiva reúne anualmente estudantes de arquitetura e urbanismo.

Segundo o programa Cidade Alerta, o Ministério Público já está no caso e pediu que a polícia investigue todas as acusações. Prucurado pela Revista Quem, o pai de Felipe declarou: “Não tenho nada a falar, não estou sabendo”.

Ex-BBB Laércio é preso por estupro de vulnerável em Curitiba

Além das acusações de crime sexual, Prior se envolveu em outro a polêmica. Durante o confinamento, ele relatou casos de zoofilia envolvendo um amigo dele. O Ministério Público está investigando.


Etiquetas
Mostrar mais

Milena

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013. Contato: milena@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios