BrasilNotíciasRio2016

Jogador de vôlei masculino é assaltado antes dos jogos comemorativos




Dias antes dos dois jogos comemorativos, que serão realizados entre Brasil e Portugal nas cidades de Curitiba e Brasília, o Levantador William Arjona foi assaltado em São Paulo, na última sexta.

Veja também: Ingressos para o jogo de vôlei do Brasil em Brasília; veja como comprar

Ingressos para o vôlei masculino Brasil e Portugal; veja como comprar

O campeão olímpico perdeu um celular que ganhou após vencer as Olimpíadas 2016 e um relógio. Ele contou que no aparelho estavam as fotos tiradas durante os jogos Rio 2016.

O jogador estava em seu carro, na Avenida Ibirapuera, quando uma pessoa bateu no vidro do veículo. Ao abrir, ele e sua sogra, que estava junto, viram que o homem estava armado. Ele levou o celular do jogador, da sogra dele e um relógio, mas não ameaçou nem feriu ninguém.

O aparelho vale mais de R$ 4.000 e foi dado por um dos patrocinadores dos Jogos a todos os atletas que participaram da Rio-2016.

William tem 37 anos e é natural de São Paulo. Ele joga atualmente pelo Sada/Cruzeiro e disputou uma olimpíada pela primeira vez, em toda sua carreira, neste ano. Ele era reserva de Bruninho, 30 anos.

O jogador tem planos de continuar jogando até as Olimpíadas de Tóquio – 2020.

William volta a jogar no sábado

No próximo sábado (3), os jogadores da seleção brasileira masculina de vôlei estarão em Curitiba. A partida comemorativa vai ser realizada na Arena da Baixada e será contra Portugal. O jogo começa às 16 horas.

No dia seguinte, domingo (4), o mesmo jogo acontece em Brasília.




Etiquetas
Mostrar mais

Milena

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013. Contato: milena@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios