EconomiaFinanças PessoaisNotícias

Imposto de Renda: Receita abre consulta ao 4º lote




A Receita Federal liberou, na manhã desta quinta –feira (8), a consulta ao quarto lote de restituições do Imposto de Renda 2016 e a lotes residuais. No 4º lote de restituição do IR são contemplados 2.106.171 contribuintes que receberão R$ 2,5 bilhões em restituições.

Veja também: Prazo para sacar o abono do PIS foi prorrogado; veja se você tem direito

O valor será pago no dia 15 de setembro, com a correção de 5,60%. Para saber se tem direito a receber o contribuinte pode entrar no seguinte site:
http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atrjo/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp

É possível também baixar um app gratuito da Receita Federal, em tablets e smartphones, que permite o acompanhamento da restituição do Imposto de Renda. Os que ainda não foram contemplados deve ficar atentos aos próximos meses. Geralmente, todos os que não caíram na malha fina, recebem o valor até dezembro.

Malha fina

Diversos fatores podem levar um contribuinte a cair na malha fina, mas dentre os mais comuns estão a omissão de rendimentos e problemas com a declaração de despesas médicas.
um simples erro de digitação. Na hora de informar algum valor, pode fazer com que a pessoa caia na malha fina. Assim, é preciso ficar atento e acompanhar o processamento da declaração do Imposto de Renda.

Interessados podem acessar o extrato do Imposto de Renda direto no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento). Clique aqui para ver o seu.






Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Milena

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013. Contato: milena@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios