Ciência e Saúde

Sinais que indicam falta de água em seu organismo




A desidratação atinge, em algum nível, mais da meta da população do mundo. E o problema pode trazer consequências graves para a saúde. Você sabe se ingere a quantidade ideal de água por dia? Conhece os danos que a desidratação provoca?

Confira abaixo dicas sobre o assunto. Mas cuidado, beber água em excesso também é prejudicial à saúde!

Sinais de falta de desidratação leve e mediana

  • Sede;
  • Cansaço;
  • Pele seca;
  • Boca ressecada;
  • Urina amarelo escura;
  • Menor necessidade de urinar;
  • Irritabilidade;
  • Inquietude;
  • Dor de cabeça;
  • Prisão de ventre;
  • Tonturas;
  • Cãibra;
  • Vontade de doces;
  • Odor desagradável na boca.

Sinais de falta de água grave

  • Perda dos sentidos;
  • Sede intensa;
  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • Olhos fundos;
  • Pressão arterial baixa;
  • Tonturas fortes;
  • Ressecamento e pele sem elasticidade;
  • Respiração agitada;
  • Urina escura ou ausência de urina;
  • Ausência de suor em dias de calor ou ao praticar exercícios.

Como saber meu nível de desidratação?

Há uma maneira simples de saber o nível de sua desidratação. Para isso, belisque a pele da parte superior de sua mãe. Se após soltar a marca desaparecer rapidamente, significa que o organismo tem a quantidade ideal de água.

Caso a marca continue por algum tempo, significa que você está desidratado.




Quanto devo beber de água por dia?

A média de quantos litros devem ser ingeridos por dia varia de acordo com o peso corporal. Alguém com apenas 9 kg, por exemplo, precisa apenas de 250 ml. Alguém com 18 kg, 500 ml. Alguém com 54 kg, 1.5 litro. Com 72 kg, 2 litros. Com 90 kg, 2.5 litros. Com 108 kg, 3 litros.

Consequências de não beber muita água

Nosso corpo é formado entre 60% e 80% por água. Ao não ingeri-la em quantidade suficiente, a retiramos do sangue. A consequência é a pressão arterial alta, risco de infarto ou embolia cerebral e constrição de vasos sanguíneos.

Ao beber em baixa quantidade também retiramos do espaço intercelular, que pode ter como consequência pedras nos rins, imunidade baixa, gota, ossos frágeis e aumento no nível de acidez do pH.

E também retiramos das células. As consequências são o envelhecimento precoce, transtornos metabólicos e aumento no nível de colesterol. Células que não estão hidratadas não conseguem queimar gordura com eficiência, aumentando a probabilidade de obesidade.

Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios