Sérgio Cabral é preso no Rio de Janeiro

0



Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro, do PMDB, foi preso na manhã de quinta-feira (17). Agentes da PF e da força-tarefa do MPF do RJ cumpriram dois mandados de prisão preventiva contra ele e mais oito pessoas ligadas ao peemedebista. Cabral é acusado de liderar um grupo que desviou aproximadamente R$ 30 milhões de obras feitas pela Andrade Gutierrez e Carioca Engenharia.

Adriana Ancelmo, ex-primeira-dama, é um dos alvos. Ela foi levada para depor na sede da Polícia Federal em condução coercitiva e deve ser liberada após dar depoimento.

Os agentes entraram no apartamento do ex-governador, localizado na Zona Sul do Rio, no bairro do Leblon. Foram presos também o ex-assessor do ex-governador Wagner Jordão Garcia e o ex-secretário de Governo Wilson Carlos, também com dois mandados de prisão, preventiva e temporária. Também são alvos da operação Hudson Braga, ex-secretário estadual de Obras, Carlos Emanuel de Carvalho Miranda, ex-assessor do governador, e Carlinhos, ex-marido de uma prima de Cabral.

Há 34 mandados de busca e apreensão em três cidades cariocas, Itaipava, Paraíba do Sul e Mangaratiba, e mais 14 de condução coercitiva. Todos que são alvo de prisão preventiva devem ser levados para a Superintendência da PF no Rio de Janeiro. Após prestarem depoimento, serão encaminhados ao IML para realizar exames de corpo de delito.




Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.