Avião da Chapecoense caiu por falta de combustível, conclui Aeronáutica

0



Autoridades da Colômbia apresentaram nesta quarta-feira (30) as primeiras conclusões sobre o acidente no avião que transportava a Chapecoense. De acordo com as conclusões, o avião estava sem combustível no momento da queda, o que indica que pode ter existido uma pane elétrica nos instantes anteriores. A Chapecoense viajava para a Colômbia para jogar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético nacional. As informações foram divulgadas por Freddy Bonilla, Secretário Nacional de Segurança Aérea da Colômbia.

“Podemos afirmar claramente que o avião não tinha combustível no momento do impacto”, afirmou ele. “Uma das hipóteses com que trabalhamos é que como a aeronave não tinha combustível, os motores se apagaram e houve pane elétrica”.

O acidente aéreo aconteceu entre as cidades de La Ceja e La União, região metropolitana de Medellín. A aeronave estava se aproximando do aeroporto, a cerca de 30 km de distância. Essa foi a primeira vez que investigações preliminares foram divulgadas desde o acidente. Também hoje vazou conversas de áudio entre o piloto da aeronave e a torre de controle do aeroporto José Maria Cordóva. No áudio, é possível ouvir o piloto desesperado para pousar o mais rápido possível, pois os tanques da aeronave estavam vazios.




Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.