Roberto Cabrini entrevista Day McCarthy na Retrospectiva 2017

0



Depois de ofender a filha adotiva de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank e de ter chamado Titi de “macaca”, o SBT abriu as portas para Day McCarthy, cujo nome real é Dayane Alcântara Couto de Andrade, de 28 anos. Evolvida em diversos escândalos, ela foi entrevistada por Roberto Cabrini e a conversa irá ao ar na Retrospectiva 2017 SBT.

Veja também: Vidente Márcia Fernandes faz previsões de tragédias para 2018

Final do The Voice Brasil: veja o dia e como será a disputa

Após o episódio de racismo, Gagliasso procurou a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), na Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e prestou uma queixa. Mesmo após a repercussão negativa, a mulher se nega a pedir desculpas.

“Eu não quero ser falsa, não tô preparada pra pedir desculpas a eles. Eu quero sentar e ter uma conversa comigo mesma e me arrepender, não quero ser falsa. (…) Pedir desculpas a ele não vai mudar em nada o que eu fiz”, diz na entrevista.

Ela também fala sobre o fato de ser racista: “Sim, eu sei que estou errada! Sei que eu sou racista, mas é uma coisa que eu não posso controlar, é uma coisa que eu não sei como controlar, como não ser racista.”.



Day McCarthy conta que pretende procurar uma psicóloga. “Ah sim, pretendo sim! Porque eu também quero saber o que se passa com a minha cabeça”, conta. A Retrospectiva 2017 irá abordar também as delações premiadas, a prisão de políticos como Sérgio Cabral e Garotinho, a crise dos presídios no Brasil, entre outros.

A Retrospectiva 2017 vai ao ar no próximo domingo, dia 17 de dezembro, à meia noite, no SBT.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.