O que aconteceu com a equipe vencedora da Copa América 2019?

0

Dizem que um ano é muito tempo no futebol e este ano tem sido uma prova disso. A Seleção está enfrentando seus rivais continentais para se classificar para a Copa do Mundo de 2022, no Catar, e está entre as favoritas nos palpites de futebol. Mas o que aconteceu com o time titular que derrotou o Peru por 3 a 1 no Estádio do Maracanã, na final da Copa América 2019?

copa-américa-2019
Final da Copa América 2019, entre as seleções do Brasil e Peru. Foto: Clauber Cleber Caetano/PR
Palácio do Planalto – https://www.flickr.com/photos/51178866@N04/48225428057/

Alisson: uma série de lesões fez com que o goleiro não estivesse mais presente entre as balizas do Liverpool na última temporada, mas Alisson foi uma figura fundamental no clube que conquistou o título da Premier League. Ele está desaparecido devido a uma lesão.

Daniel Alves: o zagueiro voltou ao Brasil no verão passado, deixando o Paris Saint-Germain pelo São Paulo. O jogador de futebol mais condecorado do mundo é o vice-capitão do clube, mas dizem os rumores que, após 13 meses, ele deseja voltar para a Europa.

Marquinhos: marcou um gol vital nas quartas-de-final da Champions League contra o Atalanta, quando o PSG chegou à final, mas foi derrotado pelo Bayern de Munique. O zagueiro conquistou a tríplice coroa doméstica na França e foi recompensado com a braçadeira de capitão, após a saída de Thiago Silva. Ele marcou o primeiro gol contra a Bolívia na primeira partida das eliminatórias do Brasil.

Thiago Silva: levou o PSG à sua primeira final da Champions League na última temporada, além de vencer a tríplice coroa (Ligue 1, Copa da França, Copa da Liga). Deixou o PSG após oito temporadas e chegou ao Chelsea, da Premier League. Ainda é o capitão da Seleção.

Alex Sandro: entrando em seu sexto ano na Juventus, Alex Sandro jogou 29 jogos na Série A na última temporada, quando a Juventus se sagrou campeã pelo nono ano consecutivo. O lateral-esquerdo está fora por lesão no tendão da coxa e não está na escalação de Tite.

Arthur: depois de uma temporada em que o Barcelona teve um desempenho inferior, terminando em segundo na La Liga e sem ganhar nenhum troféu nacional ou europeu, Arthur foi para a Juventus. Assinando um contrato de cinco anos no valor de €72 milhões, o meio-campista é outro nome ausente na atual seleção de 23 jogadores.

Casemiro: como titular regularmente na última campanha, com o Real Madri vencendo a La Liga, Casemiro também continua sendo prioridade nos planos de Tite. Pontos de interrogação foram levantados recentemente sobre o meio-campista tomar muitos cartões, mas o jogador é um membro integrante do time do Real.

Gabriel Jesus: a outra estrela atualmente fora por causa de uma lesão, Jesus é esperado de volta no final deste mês. Ele estava indo muito bem na última temporada – marcando 23 gols em 53 jogos em todas as competições – mas o Manchester City venceu apenas a Copa da EFL. Ele espera mais sucesso nesta temporada.

Philippe Coutinho: depois de passar a última temporada emprestado ao Bayern de Munique, onde conquistou a tríplice coroa com a Bundesliga, o DFB-Pokal e a Liga dos Campeões, Coutinho voltou ao Barcelona, antes da temporada de 2020-21. Sob o comando do novo chefe Ronald Koeman, ele ganhou uma nova vida e está regularmente no time.

Everton: depois de mais de 270 jogos pelo Grêmio, Everton fez a mudança da América do Sul para a Europa no meio do ano. Assinando um contrato de cinco anos com o Benfica, o atacante começou de forma brilhante na Primeira Liga.

Roberto Firmino: last No ano passado, Firmino se tornou o primeiro jogador brasileiro a marcar 50 gols na Premier League, e esteve sempre presente no elenco, enquanto o Liverpool conquistava o título da Premier League. Recentemente, ele marcou duas vezes na vitória do Brasil sobre a Bolívia nas eliminatórias para a Copa do Mundo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.