Valesca comenta suposta desclassificação de Nego do Borel no BBB 21

0

Valesca comentou a recente polêmica que envolve Nego do Borel e Duda Reis. Na última quarta-feira (13), em meio a acusações de agressão e abuso, surgiu o boato de que Nego do Borel, um dos cotados para o BBB 21, teve a participação no reality vetada.




Ela comentou o suposto veto do cantor em sua conta no Twitter. “Se o Nego do Borel foi desclassificado do BBB é pouco, porque infelizmente não dá pra ir pra um reality pagar de bom moço e o povo passar a mão na cabeça e ainda correr o risco de ganhar”, escreveu Valesca. “Meninas, ouçam mais seus pais. Espero que a Duda fique bem, porque a única vítima é ela”.

+ BBB 21 terá aplicativo de paquera para confinados e Podcast do Líder

Entenda o caso

Na última terça-feira (12), Duda Reis divulgou um longo desabafo sobre o fim de seu relacionamento de três anos com Nego do Borel. Foi divulgado áudio de Lisa Barcelos detalhando o affair que teve com o cantor enquanto ele estava comprometido com Duda.

Duda Reis expôs outros casos de traição e detalhes sobre o conturbado relacionamento. A ex-noiva do cantor recebeu apoio de várias famosas. “Pode me ameaçar, pode surtar, pode tentar ligar, que não vai adiantar. Não vou mais fechar a boca e não vou mais cair em nenhuma manipulação. E outra, as caridades já estão forçadas. Todos sabem que não é de coração e que você faz por likes. Eu sempre presenciei. Não existe verdade”, disse ela. “Agora, ou a pessoa vai pras festinhas clandestinas (que sempre achei o auge, porém o ser ama) tocar o terror nas mulheres que se prestam a isso ou vai tentar usar Deus nisso. É cíclico!”.

“Você sai destruída de uma relação abusiva, fato. Às vezes só vai enxergar tempos e tempos depois. Como se não bastasse ter saído com diversas feridas e traumas por causa do bom samaritano de rede social, recebo agora mais baixaria no meu celular e vou começar a expor mesmo”, continuou. De acordo com Duda Reis, seu noivado com Nego do Borel sempre foi tóxico e abusivo. Duda contou sofrer de ansiedade, depressão e síndrome do pânico. “Sendo que o maior causador de tudo em mim era o próprio”, contou.




Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.