Bolsonaro afirma que compra de vacina vai atrasar ‘dois ou três dias’; Índia diz que não pode atender demanda do Brasil

0

Nesta sexta-feira (15), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que não seria possível realizar o voo do Brasil para a Índia para buscar o prometido lote de 2 milhões de doses da vacina AstraZeneca-Oxford. Segundo o presidente, o voo oficial deve acontecer em no máximo três dias.




“Daqui a dois, três dias, no máximo, nosso avião vai partir e trazer as vacinas da Índia para cá”, afirmou o presidente em entrevista para Datena, no programa Brasil Urgente. Bolsonaro justificou o atraso afirmando que ele aconteceu porque a Índia está iniciando sua própria vacinação.

O que aconteceu

O avião da Azul, que passou o dia no Aeroporto dos Guararapes, no Recife, não tem nova previsão de decolagem. A expectativa era de que o voo sairia às 23h de hoje. Entretanto, houve negativa da Índia em atender imediatamente o pedido do governo do Brasil.

A vacinação na Índia, de acordo com a imprensa local, começa neste sábado (16). A Embaixada da Índia em Brasília não se manifestou sobre a previsão da entrega da encomenda brasileira ou se há qualquer acordo formal assinado.

Há uma semana, Bolsonaro enviou carta para Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, pedindo antecipação “com urgência” no fornecimento das 2 milhões de doses. O ministro da Saúde Pazuello já havia inclusive anunciado o dia que a vacinação supostamente começaria no Brasil.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava, disse nesta quinta-feira (14) que era “muito cedo” para dar respostas sobre as exportações das vacinas produzidas no país, pois a campanha nacional de imunização está sendo iniciada.

“Como você sabe, o processo de vacinação está apenas no começo na Índia. É muito cedo para dar uma resposta específica sobre o fornecimento a outros países, porque ainda estamos avaliando os prazos de produção e de entrega. Isso pode levar tempo”, afirmou Srivastava.




Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.