Governador do Amazonas descarta lockdown e diz ser difícil conter nova variante do vírus

0

Manaus está em crise após o desabastecimento de oxigênio em hospitais da cidade. Nesse cenário, Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas, afirmou que não há possibilidade de decretar lockdown no Estado. “Não tem isso vislumbrado no nosso horizonte. Não há condições de fazer um fechamento total”, disse ele.




“A gente acabou sendo surpreendido porque há uma dificuldade de trazer oxigênio para o Amazonas”, disse ele, pontuando que os casos de covid-19 subiram de forma exponencial no início de janeiro. Cogita-se que essa alta nos casos pode ter acontecido pela nova variante do vírus, detectada em pacientes do Estado.

Pacientes do local devem ser transferidos para receber tratamento em outras partes do Brasil e, por isso, há o receio de que a nova variante se espalhe. Para o governador do Amazonas, Wilson Lima, entretanto, não há muito que possa ser feito sobre isso.

“Evitar que a cepa saia daqui é muito difícil, muito complicado. Só se a gente fechasse tudo e impedisse que as pessoas entrassem ou saíssem do Estado”, alegou.

Entretanto, Wilson Lima admite o cenário delicado do Estado. “Hoje, a nossa situação é bem delicada. Os números aumentaram significativamente e já são muito superiores aos do mês de maio. Nós fizemos um plano de contingência levando em consideração o que havia acontecido nesse período. Hoje há o dobro de internações em unidades hospitalares e a gente tem esse problema do abastecimento do oxigênio. A elevação da curva de forma vertical acabou superlotando a nossa rede hospitalar”, disse ele.




Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.