Coisas que fazemos que não funcionam contra o coronavírus

0

Entre as regras de ouro repetidas tantas vezes por médicos e autoridades de saúde atualmente, estão o uso de máscaras, distanciamento social e higiene das mãos. Junto com a vacina, essa são as medidas mais disseminadas para atravessar a pandemia do novo coronavírus.




Mas há medidas que foram adotadas por muitas pessoas e nem sempre podem ser eficazes. É comum o uso de cobertura de sapatos, desinfecção das solas, retirada dos sapatos e desinfecção de pneus de automóveis. De acordo com a CNN Brasil, o consenso entre especialistas é que essas medidas não são eficazes, mas que desinfetar o calçado ou deixá-lo na porta do domicílio pode impedir a entrada de sujeira e seres contaminantes.

Os vírus estão flutuando no ar. Se ficarem no sapato, eles não sobem. A transmissão do coronavírus por superfície é menor do que era imaginado no início da pandemia.

Em março de 2020, no início da pandemia, foi divulgado que o vírus poderia sobreviver em superfícies por até três dias. Mas o Center for Disease Control (CDC) afirmou posteriormente que a Covid-19 não se espalha facilmente por superfícies. Então surge a questão sobre limpar sacolas de compras ser eficaz ou não. A transmissão não acontece pelas sacolas de compras, e sim pelas mãos. Por isso, o importante é lavar as mãos após recolher os sacos.

Vale lembrar que a principal forma de transmissão do novo coronavírus é através de aerossóis no trato respiratório.

Em restaurantes, bancos, supermercados e outros estabelecimentos é comum encontrar barreiras de acrílico ou de plástico para promover distanciamento social. E essas barreiras funcionais, já que bloqueiam a passagem de gotículas de respiração de uma pessoa para outra e, dessa forma, o contágio não acontece.

Também há preocupação para não tocar em superfícies como botões de elevador. Nesse caso, o mais importante é lavar as mãos após tocar em botões do elevador e outras superfícies. As mãos devem ser higienizadas antes de comer, de tocar no rosto ou outra parte do corpo. Superfícies de locais com circulação de pessoas sempre foram foco de infecções. Portanto, lavar as mãos após tocar nelas previne contra o coronavírus e também outras infecções.

O que funciona contra o coronavírus?

Lave as mãos sempre que possível. Quando não for possível, higienize as mãos com álcool gel. Use máscaras (adequadas e bem ajustadas). Dê preferência a atividades ao ar livre em vez de atividades em espaços fechados. Evite encontros com muitas pessoas e mantenha o distanciamento social.




Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.