Sombra e Ossos: tudo que você precisa saber sobre a série da Netflix

0

Mais uma série de fantasia vem aí na Netflix: Sombra e Ossos (Shadow & Bone), baseada nos livros da Trilogia Grisha, de Leigh Bardugo, que também atua como produtora executiva da produção.




A trilogia contém os livros Sombra e Ossos, Sol e Tormenta e Ruína e Ascensão, publicados pela editora Gutenberg no Brasil.

Os grishas também estão presentes na duologia Six of Crows, com os livros Six of Crows – Sangue e Mentiras e Crooked Kingdom – Vingança e Redenção; e na duologia Nikolai, com King of Scars e Rule of Wolves.

Série Sombra e Ossos: como será?

Em vez de adaptar os livros exatamente na ordem ou deixar de lado a duologia Six of Crows, Heisserer, showrunner da série,  está entrelaçando as histórias e personagens em uma mesma narrativa.

Com o crossover das tramas, a série vai introduzir uma grande quantidade de personagens em um universo que é totalmente novo para muitos espectadores: o mundo dos grishas. Não sabe nada sobre esse assunto?

Não se preocupe! Para te deixar a par desse universo, aqui está uma análise dos livros e as diferenças entre eles e a série, os personagens e o mundo grisha.

Divulgação/Netflix

Trilogia Grisha: história

A trilogia conta a história da adolescente órfã Alina Starkov, que cresce em um orfanato no reino de Ravka com seu melhor amigo e colega também órfão, Malyen Oretsev, ou Mal. Tanto Alina quanto Mal são recrutados para o exército Ravkan, mas Alina, que nunca foi boa em nada, não aceita as coisas da mesma maneira que Mal.

Eles são enviados em uma missão para cruzar a Dobra das Sombras, também conhecida como o Não Mar, uma faixa anômala de escuridão repleta dos temíveis monstros, que dividiu o grande reino de Ravka em dois.

Durante a perigosa travessia, seu regimento é atacado por monstros chamados volcras, e Mal fica muito ferido. Em pânico, Alina mostra um raro poder adormecido que salva a vida do amigo enquanto muda a dela para sempre, pois isso revela que seu poder pode ser a chave para salvar sua nação.




Depois disso, Alina é levada para a capital Os Alta, para ser treinada como grisha (usuários de magia). Lá, ela conhece o Darkling (chamado de General Kirigan na série), o líder poderoso dos grisha e chefe das forças armadas mágicas. Conforme o poder de Alina cresce, ela aprende mais sobre ele e, inclusive, que alguém pode estar usando-a como um peão.

De repente, Alina precisa aprender a carregar o fardo de ser a grande esperança do país enquanto presencia as intrigas e traições do reino, ao mesmo tempo em que luta contra sua atração por seu mentor, o Darkling, e se preocupa com Mal.

Como o mundo Grisha é dividido

A história é ambientada em um mundo fictício semelhante ao nosso, com vários países e culturas do mundo real.

Ravka é onde acontece a maior parte da ação de Sombra e Ossos e segue o modelo da Rússia czarista do século 18, com sua capital Os Alta, servindo como substituta de Moscou. Mas outros países figuram nos livros, como Kerch e sua capital, Ketterdam (Holanda e Amsterdã), Shu Han (Mongólia e China), Fjerda (Escandinávia), Novyi Zem (colônias americanas e australianas) e as ilhas errantes (Irlanda).

No início do livro Sombra e Ossos, Ravka está enfrentando uma longa guerra civil após as primeiras tentativas do Darkling de depor o rei de Ravka, Alexandre III. Por isso, o povo de Ravka conhece bem o serviço militar, que é dividido em dois: aqueles que praticam a Pequena Ciência – magia – conhecidos como grisha, que servem no Segundo Exército; e as pessoas não mágicas (chamadas de otkazat’sya pelos grishas) que servem no Primeiro Exército.




O Primeiro Exército teme o poder mágico e a influência dos Grishas, e estes, por sua vez, desdenham de  pessoas não mágicas, que costumam perseguir os Grishas no passado.

O reino de Ravka está pobre devido ao seu constante estado de guerra e com as nações hostis que buscaram tirar vantagem da turbulência interna, com a família real Lantsov governando tudo.

Como a mágica Grisha funciona

Os grishas são separados em três grupos mágicos:

Corporalki – Ocupam o nível mais alto no Segundo Exército e são os usuários de magia mais temidos, pois sua magia é o tipo que manipula o corpo no menor nível molecular, trazendo morte (Heartrenders) ou vida (Healers). Os Corporalki são identificados por seus uniformes kefta vermelho.

Etherealki – Com seus keftas azuis, eles também são poderosos e uma parte importante do Segundo Exército, pois lidam com os elementos, manipulando o ar (Squallers), controlando e criando fogo com um foco de pederneira (Inferni), e controlando a água (Tidemakers). Squallers e Tidemakers são especialmente importantes para a Marinha. Um par deles é encontrado em cada navio Ravkan.

Materialki.

Ficou curioso? A estreia da série está próxima! É dia 23 de abril na Netflix, com 6 episódios de uma hora de duração cada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.