Resorts com cassinos podem dar novo fôlego para economia no Brasil

0

O mercado das apostas segue a todo vapor, e os cassinos online no Brasil hoje já são uma realidade, contando com diversos apostadores que se divertem diariamente através de casas de apostas na internet.

Photo by Benoit Dare on Unsplash
https://unsplash.com/photos/wPXEQz40f8s

Por isso, atualmente no Brasil só é possível jogar em cassinos online sem infringir as leis. Isso ocorre pelo fato de o país não ter regulamentações para que empresas atuem no local – os jogos de azar foram proibidos há mais de 70 anos pelo então presidente, Eurico Gaspar Dutra, sob alegação de preservar os bons costumes.

Com isso, os fãs da jogatina em cassinos físicos acabam tendo que se deslocar a países vizinhos, como o Uruguai, para jogar, passando férias em resorts que contam com a modalidade como atração.

Porém, o Brasil passa pela expectativa da implementação de cassinos integrados em resorts, ação que hoje, apesar de proibida, é vista com bons olhos por diversos apoiadores. Além disso, existem diversos países pelo mundo que já permitem e têm boa experiência com operações de cassinos.

Cassinos em resorts são exemplos de sucesso em outros países

A ideia de ter cassinos integrados em resorts surge com os vários exemplos de sucesso em outros países, como o já citado Uruguai. Inclusive, lá, 50% dos visitantes são brasileiros, o que ajuda os uruguaios a alcançar a marca de 3,2 milhões de turistas.

Outra situação é que com a implementação do cassino em resorts, a receita não será apenas dos jogos, mas virá também de eventos, shows, hospedagens, comércios, restaurantes, seminários e muito mais, como ocorre nos estabelecimentos dos Estados Unidos. Como comparativo, no estado de Nevada, famoso pelos cassinos em Las Vegas, 25% da receita obtida é proveniente de jogos, enquanto os 75% restantes vem das demais atividades.

Portanto, a prática dos cassinos em resorts integrados serve para alavancar o turismo, além de acabar impulsionando também outras áreas da economia, o que é bem visto por apoiadores dos jogos em solo brasileiro.

Modelo pode ser adotado no Brasil

Atualmente, o Brasil não permite as entradas de cassinos no país, mas isso não impede que os apostadores usufruam dos jogos de forma online. Dessa forma, o debate a respeito da legalização é forte, visto que com a aprovação o governo poderia ter benefícios.

O senador Irajá (PSD-TO) é um dos apoiadores da implementação de resorts com cassinos e, não à toa, é o autor do Projeto de Lei 4.495/2020, justamente sobre este tema.

Um dos pontos levantados pelos apoiadores é que a liberação poderia seguir o modelo de sucesso de locais como os Estados Unidos, agregando uma série de atividades, e assim proporcionando uma boa experiência para os turistas que viriam para o país em busca de diversão.

Com isso, a economia no país se movimenta, além de colaborar para a geração de empregos, já que seria necessária a contratação de profissionais para manter as empresas em funcionamento. Outro ponto levantado na economia é referente ao gasto dos turistas com alimentação em restaurantes e no comércio local, além do pagamento de taxas e impostos pelas empresas e jogadores, gerando valores consideráveis para o Governo Federal.

Com esses argumentos, a Câmara dos Deputados debateu o assunto, que agora segue para análise do Senado, e, a cada dia que passa, tudo indica que em breve o Brasil poderá chegar a uma aprovação. Porém, ainda existem os que possuem opinião contrária, como a bancada evangélica, que busca prevalecer pelos costumes conservadores e cita o risco do vício e problemas em sua decorrência.

De qualquer forma, a expectativa é alta para que em um futuro próximo, quem sabe ainda em 2022, o Brasil libere a entrada das empresas no país e se beneficie com a atividade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.