BrasilNorteNotíciasPará

Festa de 15 anos com tema de Império e escravidão gera revolta




Uma festa de 15 anos com o tema Império e escravidão criou polêmica na internet. As fotos foram compartilhadas pelos perfis do cerimonialista e nelas, é possível ver uma menina branca sendo servida por negros. A festa aconteceu no Pará, na cidade de Belém.

Veja também: Marielle Franco: enterro da vereadora assassinada no Rio será hoje

Os internautas protestaram na página da cerimonialista Lorena Machado no Facebook. Com a repercussão negativa, Lorena veio a público pedir desculpas.

“Diante dos ocorridos, com total humildade, estamos vindo a público nos retratar e pedir PERDÃO. Jamais foi nossa intenção fazer qualquer retratação que levasse a entender que a escravidão foi algo bom em nossa história. Tínhamos a única intenção de retratar o período histórico do Império que, infelizmente, tinha escravidão. Mas, graças a outros olhares, percebemos que fomos infelizes nessa reprodução. Erramos, sim! E admitimos nosso erro. Como todo ser humano, estamos passíveis de erros e acertos. Desta vez erramos, e feio!”, reconheceu.

A cerimonialista pediu perdão a negros, descendentes, pardos e a qualquer pessoa que tenha se sentido atingida pela publicação. Lorena agradeceu os comentários que a alertaram para o erro, que a teriam permitido entender o caso e crescer.

“Não foi nossa intenção agredi-los ou ofendê-los, mas admitimos que fizemos. E viemos humildemente pedir o perdão de vocês”, destacou a profissional.

Veja as fotos e críticas sobre a festa com o tema escravidão




Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Milena

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013. Contato: milena@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios