BrasilNotíciasPolítica

Aprovação de Lula continua alta e popularidade de Temer em baixa, aponta pesquisa




O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva segue com bom índice de aprovação e o atual presidente, Michel Temer, continua em baixa. Os dados são do monitoramento Barômetro Político Estadão-Ipsos de maio.

Veja também: Greve dos caminhoneiros continua e ex-Presidenta Dilma se pronuncia: ‘Tentei alertar ao povo brasileiro’

O resultado da pesquisa mostra que mesmo depois de um mês de ser condenado, Lula é o político com melhor avaliação, dentre os 21 citados na pesquisa. O ex-Presidente manteve seu alto índice de aprovação de 45%. A porcentagem é ainda maior do que a de abril, quando ele teve 42% de aprovação.

“Lula deixou o governo com aprovação alta e a memória afetiva de quem votou nele permaneceu positiva. Isso reflete não somente a força da imagem de Lula, mas também o vácuo de lideranças dentro e fora do PT”, avalia Danilo Cersosimo, Diretor de Ipsos Public Affairs.

O juiz Sérgio Moro também teve um bom índice de aprovação, mas menor do que o de Lula. Ele apareceu com 40%, seguido pelo ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa (37%), que desistiu da candidatura à presidência no início de maio.

Ainda na lista de políticos que têm mais de 20% de aprovação estão: a ex-ministra Marina Silva (Rede) com 30% de aprovação, a ministra do STF Carmen Lúcia com 25% e o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) com 23%.

Entre os pré-candidatos, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) possuem aprovação de 17%. O ex-prefeito João Dória (PSDB) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso são os últimos da lista de 21 nomes que possuem índice de aprovação com dois dígitos: 14% e 13%, respectivamente.

Do outro lado, a popularidade do presidente Michel Temer (PMDB) continua em baixa. Nove em cada dez brasileiros (92%) desaprovam a maneira como ele vem atuando pelo país. Na última pesquisa, o percentual foi de 94%. Completam o ranking dos cinco com maior índice de desaprovação: Fernando Collor (81%), Gilmar Mendes (73%), Geraldo Alckmin (69%), FHC (67%) e Ciro Gomes (65%).



Outros presidenciáveis também possuem rejeição, mas em índices bem menores quando comparados com os nomes citados acima. Guilherme Boulos (PSOL) teve o menor índice de rejeição, com 44%, e 2% de aprovação. A deputada Manuela D’Ávila (PCdoB) registrou 46% de desaprovação e 4% de aprovação. Alvaro Dias (Podemos) tem rejeição de 49% e aprovação de 8%. Lula tem rejeição de 52% e Bolsonaro de 60%.

O Barômetro Político Estadão-Ipsos integra o estudo mensal sobre os principais temas que afetam a opinião pública, o Pulso Brasil da Ipsos. Nesta última edição, a Ipsos entrevistou presencialmente 1.200 pessoas em 72 municípios, entre 1.º e 16 de maio A margem de erro é de três pontos percentuais. O resultado completo da pesquisa pode ser visto aqui. 

Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Milena

Escreveu para sites como Yahoo e Dona Giraffa e atua em plataformas com produção de conteúdo. É formada em medicina veterinária, mas trabalha exclusivamente com redação desde 2013. Contato: milena@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios