Cinco cidades que são referência mundial em sustentabilidade

Felizmente, fala-se cada vez mais em sustentabilidade e em seus efeitos (predominantemente positivos) para a qualidade de vida, tanto humana quanto ambiental. Nessa onda, surgem novos esforços para promover ações que prometem frear ações humanas que podem prejudicar o meio ambiente. Um exemplo é a primeira cidade inteligente social do mundo, a ser criada no Ceará e que pretende usar a tecnologia para resolver os problemas dos cidadãos.

Essa preocupação é tão grande que foi criado até mesmo um ranking para eleger as cidades mais sustentáveis do mundo. Batizado de Sustainable Cities Index (Índice de Cidades Sustentáveis), ele leva em consideração fatores como consumo de energia elétrica, quantidade e qualidade dos parques públicos, quantidade de emissão de gases de efeito estufa na atmosfera e outros dados relevantes.

Separamos aqui as cinco primeiras cidades ganhadoras do ranking que deveriam servir de exemplo para todas as outras que planejam adotar atitudes ambientais sustentáveis para os próximos anos. Confira:

#1 – ZURIQUE

Escolhida como cidade mais sustentável do mundo, Zurique, na Suíça, é um exemplo de como é possível aliar a vida em sociedade como boas práticas ambientais. Além de contar com um excelente sistema de transporte público, que é usado por grande parte de sua população, a cidade é ainda autoridade em reciclagem: lugares específicos para o descarte de lixo reciclável estão espalhados por toda a cidade e o lixo sequer é recolhido se cada morador não descartá-lo corretamente.

#2 – SINGAPURA

A cidade-Estado de Singapura é relativamente nova: tem pouco mais de 50 anos de existência; mas isso não impediu que se tornasse uma das principais líderes mundiais em sustentabilidade. Aqui, o destaque fica por conta do uso da água. Com graves períodos de seca em sua história, Singapura aprendeu a duras penas como captar, tratar e gerenciar o recurso natural. Com prêmios internacionais no currículo, a água se Singapura está entre as melhores do mundo.

#3 – ESTOCOLMO

Se você é desses que pensa não ser possível viver sem um belo carro na garagem para se deslocar para onde e quando quiser, a capital sueca prova que não. Com um excelente sistema de transporte público, Estocolmo tornou-se referência em mobilidade e sustentabilidade. Lá, os moradores podem contar com metrô, ônibus, trem e até barcos para chegarem ao destino. Tudo, é claro, com uma infraestrutura de dar inveja a qualquer outra cidade do mundo.

#4 – VIENA

A capital austríaca é outro exemplo de cidade que prova que está de olho no futuro sem deixar de prestar atenção ao presente. Em Viena, o uso de bicicletas para se locomover é incentivado ao extremo, com direito a investimentos altíssimos para adaptar a cidade às magrelas. Mas quem quiser descansar as pernas e ir de ônibus também pode: lá existe uma linha que não utiliza uma gota sequer de combustível fóssil, apenas eletricidade. Estima-se que 90% da população austríaca utilize os transportes públicos.

#5 – LONDRES

Você provavelmente já deve ter ouvido falar sobre (ou até visto) o intricado sistema de metrô de Londres. Lá, é possível ir a qualquer lugar da cidade sem gastar muita sola ou sequer pensar em tirar o carro da garagem. Um dos segredos do metrô londrino é usar os próprios feios como uma fonte de energia limpa e renovável  que pode ser usada para abastecer grande parte das estações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *