Ibovespa fecha em alta de 1,76% e dólar cai 1% após facada em Bolsonaro

Nesta quinta-feira (06), o Ibovespa apresentou alta e o dólar caiu após o presidenciável Jair Bolsonaro ser esfaqueado. O candidato sofreu o atentado em Juiz de Fora, Minas Gerais, durante um ato de campanha.




O benchmark do Ibovespa fechou com alta de 1,76%, com 76.416 pontos. Já o dólar sofreu queda de 0,95%, a R$ 4,104. O volume financeiro da bolsa foi de R$ 8,78 bilhões.

Leia também: Candidato é esfaqueado em Juiz de Fora; veja vídeos

Assim que a notícia do esfaqueamento do candidato foi divulgada, por volta das 16h, horário de Brasília, a bolsa de valores brasileira registrou alta de quase 1.000 pontos. Após o fechamento da bolsa, os índices futuros da bolsa brasileira e da divisa americana continuaram com reação forte. O contrato com vencimento em outubro foi para 4,33% e o dólar futuro registrou queda de 2,39%, a R$ 4,054. O risco-Brasil registrou baixa de 5,2%, e fechou em 15.430 pontos.

Leia também: Candidato passa por cirurgia após ser esfaqueado em Juiz de Fora

A alta da bolsa e queda do dólar aconteceram porque o mercado avalia que o atentado aumenta a polarização no Brasil e que isso pode beneficiar Bolsonaro nas próximas pesquisas. O candidato aparece como líder do primeiro turno nas pesquisas eleitorais, mas tem muita rejeição e vence apenas Haddad num eventual segundo turno.

Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *