EntretenimentoFamosos

Garcia compara crise política e Letícia Sabatella rebate: ‘Mas isso não é futebol’




Durante o Altas Horas que foi exibido na madrugada de sábado (04) para domingo (05), Letícia Sabatella e Márcio Garcia falaram sobre suas posições acerca do impeachment de Dilma Rousseff (PT). Sem falar sobre partido, Letícia defendeu o respeito ao voto do povo, a liberdade da democracia e a tese de que tudo o que aconteceu foi um “golpe armado”. Márcio Garcia, por sua vez, defendeu um projeto de país melhor e livre de corrupção.

Garcia comparou a crise política que o Brasil está vivendo com discussão entre torcidas de futebol. “O tempo que se perde discutindo o sexo dos anjos é como se sentasse aqui um corintiano, um palmeirense e um são paulino para discutirem qual é o melhor time. A gente não vai chegar a conclusão nenhuma”, falou o ator. Letícia Sabatella o interrompeu rapidamente. “Mas isso aqui não é futebol”, rebateu a atriz. “Perfeito. Deixa eu concluir”, respondeu Garcia.

Serginho Groismann afirmou que nunca se discutiu tanto política, mas frisou que o que acontece nas redes sociais chegou a um ponto “raivoso”. O apresentador pediu então o posicionamento dos dois atores e as consequências por terem assumido um lado.

“Pela luta da democracia e pelo direito de falar, de não se calar, eu me posiciono. É um momento muito conturbado mesmo, é um momento que, se der tudo certo, será maravilhoso pela discussão fomentada, e ela é necessária. A gente precisa cada vez mais do nosso exercício de cidadania preservado, o nosso direito de cidadãos a votar, a ter o voto respeitado, ao projeto de governo eleito respeitado. Isso é muito importante. Então, o meu posicionamento é extremamente movido por um princípio de verdade, de democracia”, afirmou Letícia Sabatella.

Ela falou também sobre “coisas infundadas” que vê ao seu respeito, como o “R$ 1,5 milhão da Lei Rouanet”, que classificou como “mentira” e “calúnia”. A atriz disse que está tomando “medidas legais” para que haja um limite nos “xingamentos” e na “incitação ao ódio”.

Letícia disse ainda que é oposição a muitas coisas do governo Dilma e do PT, “desde a época do projeto de Transposição do Rio São Francisco”, mas relembrou a “importância e legalidade do governo” por ter tirado “milhões de pessoas da pobreza e da miséria”. “Não acho legítimo esse processo do impeachment, o quanto foi armado, o quanto foi um golpe”, finalizou.

Já Márcio Garcia disse que não foi xingado e não se sentiu ofendido, que resolveu ir para as ruas para sair da “zona de conforto”. “por eu ser um privilegiado e ter uma posição de vida, na qual eu não precise me preocupar com o meu caso e sim com a maioria da população do Brasil”, explicou. ” Independentemente de achar que o meu time é melhor do que o seu… A gente tem de convergir. O que todo o mundo que está sentado aqui quer? Morar num país melhor. Todo mundo quer o fim da corrupção? Sim. Duvido que Letícia não queira também”.




Comments

0 comments

Etiquetas
Mostrar mais

Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

24 Comentários

  1. Márcio Garcia um pouco incoerente sua posição , combater corrupção colocando no poder o cara que é citado 27 (VINTE E SETE) vezes no lava jato, é dar a chave do galinheiro pras raposas . Não acha ?

  2. Não assisti pq nunca gostei desse programa. Chato, demagogico e de abordagem rasteira como tudo na Globo aliás. Mas parabenizo a Leticia Sabatela por sua coerencia e coragem !

  3. Letícia Sabatella coerente? Em que planeta? Abusiva e sem educação,interrompendo a fala do Márcio Garcia,só quer ser ouvida. Enfim, petista assumida.

    1. Letícia não defende um partido. Ela como uma boa parte dos brasileiros, quer um país livre da corupção, um país onde nossa voz não seja calada pelos corruptos que se adonaram do poder. Pessoas que não foram eleitas pelo voto do povo, e que talvez, pelo voto nunca estariam lá. Isso é um GOLPE SIM!!
      O partido que mais combateu a corrupção neste país foi o PT, quer você queira ou não. Agora os golpistas querem encerrar as investigações, pois se gritar pega ladrão, não fica um, meu irmão!

  4. Márcio Garcia falou o que a maioria das pessoas querem. Acabar com a corrupção.
    O impeachment da Dilma consequentemente conforme a constituição assumiu o Temer por ser vice da Presidente. Chapa das eleições.
    Nem por isso todos estão a favor.
    No entanto precisamos que o Brasil volte a caminhar.
    Ficar brigando em redes sociais não vai levar a nada.

    1. Letícia não defende um partido. Ela como uma boa parte dos brasileiros, quer um país livre da corupção, um país onde nossa voz não seja calada pelos corruptos que se adonaram do poder. Pessoas que não foram eleitas pelo voto do povo, e que talvez, pelo voto nunca estariam lá. Isso é um GOLPE SIM!!
      O partido que mais combateu a corrupção neste país foi o PT, quer você queira ou não. Agora os golpistas querem encerrar as investigações, pois se gritar pega ladrão, não fica um, meu irmão!

    1. Letícia não defende um partido. Ela como uma boa parte dos brasileiros, quer um país livre da corupção, um país onde nossa voz não seja calada pelos corruptos que se adonaram do poder. Pessoas que não foram eleitas pelo voto do povo, e que talvez, pelo voto nunca estariam lá. Isso é um GOLPE SIM!!
      O partido que mais combateu a corrupção neste país foi o PT, quer você queira ou não. Agora os golpistas querem encerrar as investigações, pois se gritar pega ladrão, não fica um, meu irmão!

  5. Engraçado que só vejo xingamentos fortes dos que diz não a corrupção…. alguém pegou essa parte da frase? “por eu ser um privilegiado e ter uma posição de vida, na qual eu não precise me preocupar com o meu caso e sim com a maioria da população do Brasil”, explicou. ”…….eu sou rico, nasci rico, e não irei me preocupar com vcs pobres…..

  6. Espero que tenham prestado bastante atenção ao que se refere país livre de corrupção. Onde estão os políticos envolvidos do outro lado. O pau que bate em Chico tem que ser o mesmo que em Francisco.

  7. Ser contra a corrupção ir pra rua com camisa da cbf, apoiar o golpe e governo golpista.Na verdade tomar partido e se dizer apartidário.Nossa democracia foi estuprada por políticos que não sabendo perder as eleições conseguiram fazer do jogo democrático se transformar em golpe.No presidencialismo o presidente só pode sofrer impedimento na existência de um crime por ele cometido, sabemos que a presidenta não cometeu e do que a acusam não entra nesse contexto. Golpearam, usurparam nossos votos, por medo das investigações e ninguém fala.Esse machismo escancarado vai empobrecer e sujar a nossa história, todos serão responsabilizados, seus nomes citados e a vergonha só alcançará quem não apoiou isso.

    1. tem certeza que ela não cometeu crime? logo vc vai conhecer o sr. nestor serveró que tem muita coisa a dizer sobre essa santa do PT. …são todos canalhas,, pior são são os estuprados que defendem o estuprador

  8. O Brasil não pode ficar do jeito q está, mas tirar Dilma e assumir Temer na minha opinião é golpe. Pois tem mais acusações contra ele do q contra ela. Eu voto Sim p nova eleição. Só q também estamos sem opções afinal são todos iguais. Quem não é corrupto quando chega ao poder se torna.

    1. não saber o que é uma metáfora..pqp…o MARCIO GARCIA foi muito educado com ela. ela achou que ele falava sobre futebol. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios