BrasilNotícias

PF prende ‘Japonês da Federal’, condenado por facilitar contrabando




Newton Ishii, agente mais conhecido como “Japonês da Federal” e por escoltar investigados da Operação Lava Jato, foi preso terça-feira (07) pela Polícia Federal. Ele foi condenado por facilitar contrabando e sua pena é de quatro anos e dois meses de prisão em regime semiaberto.

O Japonês da Federal teve conhecimento da ordem judicial um pouco depois do almoço e se entregou na Superintendência da Polícia Federal do Paraná, local onde trabalha desde 2014. No regime semiaberto, ele terá que se recolher à noite ou usar tornozeleira eletrônica.

Ele atualmente está detido em sala da Superintendência da PF, a mesma que abriga os detidos da Operação Lava Jato. A maneira que ele cumprirá o regime semiaberto ainda não foi determinado. Por ser réu primário, sua pena pode ser reduzida em um sexto e ficar de apenas oito meses.

Por já ter ficado detido por quatro meses anteriormente, ele só teria que cumprir mais quatro meses. Em 2003, o Japonês da Federal foi preso pelo mesmo caso, ao facilitar entrada de mercadoria contrabandeada do Paraguai.

Por causa da condenação, Newton Ishii, que é um dos “símbolos” da Lava Jato, deve ser afastado da operação e pode ser demitido da Polícia Federal.

Etiquetas
Mostrar mais

Natalia Marinho

Formou-se em Jornalismo em 2010. Já escreveu para sites como Yahoo Brasil (em editorias como Yahoo Mulher e Yahoo Finanças), Compara Seguros, Beleza na Web, Pet Love, Viva Real, Americanas Viagens e Submarino Viagens. Contato: natalia@horabrasil.com.br

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios