Trecho de nova ciclovia desaba em São Conrado, no Rio, e dois morrem

0

A ciclovia Tim Maia, que liga bairros do Leblon e de São Conrado, da zona sul do Rio de Janeiro, e tem 3,9 km de extensão, foi inaugurada em 17 de janeiro de 2016. Em sua inauguração, diversas pessoas elogiaram a obra e principalmente a vista que ela proporcionava. Mas também houve críticas por alguns trechos não terem calçada. A obra custou R$ 44,7 milhões.



De acordo com os Bombeiros, duas pessoas morreram após caírem no mar; pessoas que passavam pelo local afirmam que a ciclovia foi atingida por forte onda que destruiu o local, quebrou o para-brisa de um ônibus e ainda teria arrastado uma mulher no calçadão.

Três pessoas caíram no mar após o desabamento do trecho da ciclovia e foram resgatadas pelos Bombeiros. As três foram levadas ao hospital, mas não há informação sobre o estado de saúde delas.

A avenida Niemeyer segue interditada nos dois sentidos. Os motoristas devem seguir pela Autoestrada Lagoa-Barra.

Pedro Paulo Carvalho, secretário Executivo de Governo, afirma que não há riscos de novos desabamentos. Ele classificou o acidente como “imperdoável”, mas que é muito cedo para fazer qualquer tipo de acusação, já que ainda não há o laudo dos engenheiros.

Antônio Eulálio, engenheiro civil e conselheiro da CREA-RJ, falou para a Globo News que acredita que o acidente foi causado por “uma falha de projeto”, pois a obra não teria sido projetada para suportar força excessiva como a da ressaca de hoje.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.