Marina Silva voltou a defender a cassação da chapa Dilma – Temer

1




Marina Silva participou do “Roda Viva”, da TV Cultura nesta segunda-feira (20) e voltou a defender que a chapa Dilma – Temer seja cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral. Para ela, PMDB substituir o PT no governo é trocar seis por meia dúzia, já que ambos têm nomes citados na Operação Lava Jato.

“O impeachment alcança a legalidade, mas não alcança a finalidade. Se a finalidade é passar o Brasil a limpo com certeza não será o PMDB e o presidente Michel Temer que farão essa finalidade. O PT e o PMDB praticaram juntos em relação às diretorias da Petrobras. Segundo as investigações, havia até uma coordenação de propina para que houvesse equilíbrio na distribuição. A Lava-Jato já derrubou três ministros. O melhor caminho é do TSE porque cumpre com a legalidade e alcança a finalidade. Não queremos trocar seis por meia dúzia. Queremos resolver o problema do país”, declarou.

Ela também falou sobre o início do governo Temer. “Nessas primeiras semanas tem a dificuldade em razão da natureza do próprio governo que vem de uma crise da qual ele é parte porque PT e PMDB estiveram juntos por 13 anos. Parece que a gente tem nesses primeiros dias uma equipe econômica tentando governar e o presidente tentando se explicar. Obviamente com o processo de impeachment em curso, o governo interino tem que equilibrar a necessidade de apresentar medidas concretas, 11 milhões de desempregados e, ao mesmo tempo, pilotar a grave crise política que está assolando o país”, explicou Marina Silva.




A ex-senadora negou que tenha recebido dinheiro de caixa dois para a sua campanha de 2010. De acordo com informações do colunista Lauro Jardim, Léo Pinheiro, enquanto negociava delação premiada, se comprometeu a falar sobre o caixa dois que ele diz que foi usado na campanha de Marina.

“Não se tem ainda uma delação, uma materialização. Uma injustiça muito grande com a minha campanha, que não tem um centavo de caixa 2. Eu tomei a decisão de junto com o Guilherme (Leal, então candidato à vice-presidente) em apostar no trabalho da Justiça, da Força-Tarefa da Operação Lava-Jato. Se acham que iam arrancar de mim alguma palavra contra a Lava-Jato estão enganados”, declarou Marina.

1 comentário
  1. Marina tem uma brilhante trajetória política e de causa socioambiental no Brasil e no Mundo. Não serão essas inverdades e acusações com objetivos de deturpar a sua imagem que irão tirar dela a dignidade e o compromisso com a Justiça e com a Verdade. O Brasil que quer a mudança está com a Marina Silva 18!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.