Dentista é espancado e morto por pichadores; veja vídeo

0




Um dentista foi assassinado por um grupo de pichadores na madrugada de sábado (6), na Zona Norte de São Paulo. O homem saiu para ver o que estava acontecendo no muro de sua casa e acabou sendo espancado pelos criminosos. O caso foi registrado no 33º Distrito Policial.

A ação foi filmada pelas câmeras de segurança do local. Cinco pichadores estavam na frente da casa do dentista Wellington Silva, 39, e de seu pai, Manuel Silva, às 2h18, com latas de spray e bebidas.

A pichação começou a ser feita por volta de 2h20. Durante 5 minutos, eles picharam todo o muro, beberam e conversaram. Os homens decidiram sair do local e entraram em um carro. Manuel saiu da casa com algo em sua mão, viu o muro da casa e andou pela rua, para tentar encontrar quem havia feito aquilo. O dentista, filho do homem, saiu em seguida e conversou com o pai, que tinha atravessado a rua.

De acordo com relatos, Manuel encontrou os cinco pichadores e uma briga começou. Wellington correu socorrer o pai e foi espancado pelos criminosos. De acordo com conhecidos da vítima, o dentista era um rapaz calmo e só saiu para o socorro do seu pai.

A polícia investiga o caso e quer tentar descobrir se algum dos símbolos da pichação é de um grupo específico. Segundo o programa Balanço Geral, os criminosos tinham uma página na internet com fotos dos muros pichados, mas ela foi desativada. Ninguém foi preso até o momento.

Veja o vídeo do dentista durante ação dos pichadores




Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.