Miguel Falabella se emociona ao falar de Marília Pêra

0



Convidado para sentar no sofá do Programa do Jô deste terça-feira (25), Miguel Falabella relembra vários momentos com o apresentador. “Antes de entrar, estava lembrando quantas e quantas vezes já estive aqui”, diz ao se acomodar no sofá de Jô Soares.

Falabella, que é autor, ator, diretor e produtor, está em cartaz com a adaptação da comédia “God”, na qual interpreta Deus. Mesmo tendo interpretado vários papeis ligados ao humor, nas telonas, ele conta que tem dificuldade em “fazer graça” na vida real. Enquanto em cena, sua maior dificuldade é chorar. “Em ‘Selva de Pedra’ (1986), fiquei 40 minutos tentando chorar em uma cena”, conta.

A amiga Marília Pêra também foi citada no bate-papo com Jô. “Eu escrevia o texto e quando ela falava, não parecia que eu tinha escrito”, comenta Miguel Falabella emocionado. Jô recorda de quando a dirigiu no teatro e destaca a alegria de Marília.

Sobre a infância. Falabella, que é filho de uma professora de literatura francesa da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), diz que sempre esteve cercado de livros. Já do pai, ele acredita que herdou um pouco do jeito. “Às vezes, estava representando como Russo, de ‘Pé na Cova’, e parecia que eu ouvia meu pai falando”, conta para Jô.

Miguel gosta de acordar cedo, às 6h da manhã. Ele diz que gosta de apreciar o silêncio proporcionado pelo horário e que passa o restante do dia escrevendo.

O ‘Programa do Jô’ vai ao ar de segunda a sexta-feira, logo após o ‘Jornal da Globo’.






Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.