Primeira fase da Fuvest aborda poluição e crise de refugiados

0




Poluição na Baía de Guanabara e crise de refugiados na Síria foram alguns dos temas que caíram na primeira fase da Fuvest 2017. A prova aconteceu neste domingo (27). Ela seleciona alunos para a USP e para a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa.

De acordo com a Folha de S. Paulo, a pergunta sobre refugiados mostrava uma foto do menino sírio Aylan Kurdi, que foi encontrado morto em setembro de 2015 em praia da Turquia. O jornal publicou, após entrevistar estudantes, que a questão era sobre a banalização da morte. De acordo com outra estudante entrevistada pelo jornal, a parte de exatas foi a mais difícil da prova. Ela achou as questões de exatas mais difíceis que o Enem.

A primeira fase da Fuvest trouxe 90 questões de múltipla escolha sobre as disciplinas do ensino médio. Ainda de acordo com a Folha de S. Paulo, as questões de física, matemática e química foram as mais exigentes. Foram abordados livros como Iracema, de José de Alencar, Vidas Secas, de Graciliano Ramos, e Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis.

A prova teve início às 13h e seguiu até as 18h. Foram 136.736 inscritos disputando 8.854 vagas, sendo 8.734 para cursos da USP e 120 de Medicina da Santa Casa.

O resultado da primeira fase será divulgado no dia 19 de dezembro. A segunda fase acontece nos dias 8, 9 e 10 de janeiro de 2017.




Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.