Emilly, campeã do BBB 17, não quer ser chamada de ex-BBB

1

A ex-BBB Emilly Araújo, que venceu a 17ª edição do reality show, participou no último sábado (01) de Arraiá Solidário no Rio de Janeiro.




O evento beneficente foi para ajudar a Casa de Apoio à Criança com Câncer Santa Teresa. A ex-BBB se vestiu de noiva, autografou garrafas da instituição e tirou fotos com fãs, que fizeram fila para poder registrar o momento. A CACCST atende famílias carentes que necessitam de atendimento e não cobra valor.

De acordo com o site Na Telinha, Emilly acabou agendando a sua ida para o Villa Mix em Goiânia, festival de música com uma série de shows, com as atrações internacionais Demi Lovato e Maluma. Por causa disso, Emilly fez a Casa de Apoio à Criança com Câncer ter que mudar todo o cronograma da festa. Ela ficou apenas duas horas no local. Ainda de acordo com o Na Telinha, dezenas de crianças ficaram chorando na fila, pois não puderam tirar uma foto com a ídola.

Emilly também não atendeu ninguém da imprensa. Sua equipe afirmou que ela pode dar entrevistas apenas para o grupo Globo. O jornalista do Na Telinha ouviu ainda uma exigência inusitada de sua equipe: “Nada de colocar ‘ex-BBB’ se você publicar uma nota sobre a participação dela”. Diante do pedido, o jornalista Sandro Nascimento finalizou a matéria sobre o evento ironizando: “Fica a dúvida: como vou escrever agora um texto sobre a ex-BBB e campeã do ‘Big Brother’ Emilly?”

1 comentário
  1. rosa santos Diz

    Se a cobra não quer se chamada de “ex BBB”, como chamá-la então? A famosa “QUEM”???

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.