O que acontece quando você reduz o açúcar do cardápio

3

Você tem ideia do que a redução de açúcar pode provocar em seu organismo? Ao ser consumido em excesso, ele rouba a energia, provoca resistência à insulina, aumenta risco de diabetes, engorda e acelera o envelhecimento das células. E sim, você sentirá abstinência ao diminuir a ingestão de açúcar no dia a dia.




As primeiras semanas, conhecidas como “fase de desmame do açúcar”, são as mais difíceis. Isso acontece porque o organismo começa a passar por um processo de desintoxicação. Quer ganhar mais estímulo para reduzi-lo em seu cardápio? Então confira abaixo o que acontece quando você reduz o consumo.

Diminui as chances de doenças

O açúcar oxida as células, concentra gordura na barriga, aumenta níveis de glicose no sangue e ainda desencadeia reação inflamatória no corpo. Ele também aumenta riscos de desenvolver ovário policístico, candidíase e diabetes. A candidíase, além de ameaçar a fertilidade da mulher, cria dificuldade em ganhar massa magra e facilita aparecimento de acne e celulite.

Menos fome

Alimentos com muito carboidrato simples (açúcar, farinha branca, xarope de milho e frutose), além de gordura saturada e sódio são responsáveis por fazer com que a gente coma mais do que deveria. Eles inibem os receptores de leptina, que é o hormônio da saciedade. Portanto, menos açúcar = menos fome.

Menos gordura na barriga

A função da insulina é facilitar a entrada de açúcar obtido dos alimentos. Quando o sangue percebe o nutriente, o pâncreas libera insulina. Mas o consumo exagerado desse alimento sobrecarrega o órgão, que tende a ficar desgastado. A insulina também contribui para o estoque de gordura na barriga e aumenta as chances de acne, pelos e síndrome dos ovários policísticos.

Nada de metabolismo lento

Consumir muito açúcar contribui para deixar o metabolismo mais lento. Ao consumi-lo, os músculos preferem usá-los para transformar em energia, em vez de usar a gordura abdominal. Resultado é a dificuldade de emagrecer e facilidade de engordar.

Pele mais jovem e bonita

O açúcar inflama os tecidos e os degenera. O colágeno e as fibras de elastina também se degradam. Para manter o rosto firme, bonito e jovem, controle a quantidade dele no dia a dia. E sempre dê preferência aos carboidratos integrais.



3 Comentários
  1. Adriano Rocha Diz

    Pelos argumentos da matéria, vale muito a pena reduzir drasticamente o consumo de açúcar. Eu já estou fazendo isso e vendo observando melhoras significativas no funcionamento do meu organismo.

  2. Thamires Moura Diz

    ola pessoal! Gostei muito desse artigo com certeza vai me ajudar muito, a um tempo atras eu tinha problemas com meu peso até que eu achei essa consultoria online que estar me ajudando muito. Eu indico a todos que querem um acompanhamento para alcançar seus objetivos alinhando sua mente e tendo uma alimentação saudável para exterminar a gordura. Gostei muito, e está dando resultados,se vocês querem mais informações clique aqui:
    http://www.euposso.net/sopasdetoxsemsegredos

    Espero que como eu, vocês tambem gostem.

  3. Mariana Cunha Diz

    Uma dieta repleta de açúcar, carboidratos refinados, comida industrializada, refrigerantes e álcool desestabiliza a flora intestinal e facilita a proliferação da cândida. A melhor maneira de se livrar da candidíase é por meio da dieta e por isso recomendo fazer a dieta anticândida descrita no livro Candidíase Recorrente de Leon Chaitow. Eu fiz e consegui melhorar bastante.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.