Concurso da UFMG tem edital lançado com 29 vagas

0

Foi lançado um edital de um novo concurso da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Fiocruz está oferecendo 20 vagas em especialização gratuita

As inscrições vão começar no dia 7 de janeiro de 2019 e seguem até o dia 8 de fevereiro (inscrições prorrogadas). As inscrições devem ser feitas on-line.

Mais informações podem ser obtidas no site do concurso.

Cargos com vagas no concurso da UFMG

ADMINISTRADOR Nível de Classificação E, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Curso Superior em Administração e Registro no Conselho competente.

Carga horária semanal: 40 horas.

Remuneração: R$ 4.180,66 (quatro mil cento e oitenta reais e sessenta e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação.

Descrição sumária do cargo: planeja e organiza os serviços técnico-administrativos, a utilização de recursos humanos, materiais e financeiros; propõe serviços e normas, colabora na produtividade, eficiência e eficácia dos serviços na unidade. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: analisar as características da entidade, seu desenvolvimento e relações com o meio ambiente, os recursos disponíveis, as rotinas de trabalho, a fim de avaliar, estabelecer ou alterar práticas administrativas; pesquisar, avaliar e propor métodos e rotinas de simplificação e racionalização dos procedimentos administrativos e seus respectivos planos de Aplicação; avaliar e controlar resultados de implantação de planos e programas; avaliar e acompanhar desempenhos funcionais; verificar o funcionamento das unidades segundo os regimentos e regulamentos vigentes; elaborar relatórios técnicos e emitir pareceres em assuntos de natureza administrativa; realizar estudos específicos, visando solucionar problemas administrativos; colaborar na elaboração de subsídios para as diretrizes políticas e governamentais; acompanhar ou participar na elaboração de Anteprojetos de Leis, de Decretos e Decretos-Leis; participar ou desenvolver pesquisas científicas da sua área de atuação; prestar informações ou esclarecimentos sobre assuntos gerais ou específicos afetos à sua área de competência; executar outras tarefas de mesma natureza e o mesmo nível de dificuldade.

AUDITOR Nível de Classificação E, Nível de Capacitação I, Padrão 01.



Requisito para investidura: Curso Superior em Economia ou Direito ou Ciências Contábeis. Carga horária semanal: 40 horas.

Remuneração: R$ 4.180,66 (quatro mil cento e oitenta reais e sessenta e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação.

Descrição sumária do cargo: realizar auditagem; acompanhar as execuções orçamentárias, financeiras, patrimoniais e de pessoal; examinar documentação mensal da receita e despesa orçamentária e extraorçamentária; emitir pareceres em processos; elaborar relatórios. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: realizar auditagem obedecendo programa de auditoria previamente elaborado, para identificar irregularidades; acompanhar a execução orçamentária, financeira, patrimonial e de pessoal, examinando periodicamente o comportamento das receitas e das despesas operacionais dentro dos níveis autorizados pela administração superior, para apurar correspondência dos lançamentos aos documentos que lhes deram origem; assessorar no atendimento das diligências, observando o cumprimento das normas, regulamentos, planos programas, projetos e custos, para assegurar o perfeito desenvolvimento contábil; identificar os problemas existentes no cumprimento das normas de controle interno relativo à administração orçamentária, financeira e patrimonial, analisando documentos para propor medidas e apresentar soluções; elaborar periodicamente relatórios parciais e globais da auditagem, assinando as eventuais falhas encontradas, para fornecer aos dirigentes subsídios necessários à tomada de decisões; emitir pareceres sobre matérias de natureza orçamentária, financeira e patrimonial que lhe forem submetidos a exames, estudando e analisando processo, para subsidiar decisão superior; executar outras tarefas de mesma natureza e nível de dificuldade.

CONTADOR Nível de Classificação E, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Curso superior em Ciências Contábeis e Registro no Conselho competente. Carga horária semanal: 40 horas. Remuneração: R$ 4.180,66 (quatro mil cento e oitenta reais e sessenta e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: organizar e digitar os trabalhos inerentes à contabilidade da Instituição, orientando sua execução e participação dos mesmos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: organizar os trabalhos inerentes à contabilidade; planejar o sistema de registros e operações contábeis atendendo às necessidades administrativas e as exigências legais; inspecionar regularmente a escrituração contábil; controlar e participar do trabalho de análise e conciliação de contas; proceder ou orientar a classificação e avaliação de despesas; elaborar relatórios sobre a situação patrimonial, econômica e financeira da entidade; acompanhar a formalização de contratos no aspecto contábil; analisar, acompanhar e fiscalizar a implantação e a execução de sistemas financeiros e contábeis; exercer outras atividades afins, como por exemplo, serviços de auditoria; executar outras tarefas de mesma natureza e nível de dificuldade.

PRODUTOR CULTURAL Nível de Classificação E, Nível de Capacitação I, Padrão 01.

Requisito para investidura: Curso superior em Comunicação Social.

Carga horária semanal: 40 horas.



Remuneração: R$ 4.180,66 (quatro mil cento e oitenta reais e sessenta e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação.

Descrição sumária do cargo: elaborar e colaborar no planejamento e divulgação dos eventos culturais, artísticos e administrativos, bem como de ensino, extensão e pesquisa. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: avaliar e comentar os acontecimentos de interesse da Instituição; manter a comunidade informada sobre os interesses da Instituição; promover e acompanhar programas de relações públicas; promover palestras e programas promocionais em meios de comunicação; buscar divulgar informações de interesse da comunidade universitária, através de redação e publicação de documentos informativos, periódicos ou não da Instituição; utilizar recursos de Informática executar outras tarefas de mesma natureza e nível de dificuldade.

ENGENHEIRO – AGRONOMIA Nível de Classificação E, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Curso superior na área (Agronomia ou Engenharia Agronômica) e Registro no Conselho competente. Carga horária semanal: 40 horas. Remuneração: R$ 4.180,66 (quatro mil cento e oitenta reais e sessenta e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: desenvolver projetos de engenharia na área de agronomia; coordenar a operação e a manutenção dos mesmos; elaborar e supervisionar projetos referentes a cultivos agrícolas e pastos, planejando e controlando técnicas de utilização de terras, para possibilitar um maior rendimento e qualidade dos produtos agrícolas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: supervisionar, coordenar e dar orientação técnica; elaborar estudos, planejamentos, projetos e especificações na área; elaborar métodos e técnicas de cultivo de acordo com tipos de solo e clima, efetuando estudos, experiências e analisando os resultados obtidos, para melhorar a germinação de sementes, o crescimento de plantas, a adaptabilidade dos cultivos, o rendimento das colheitas e outras características dos cultivos agrícolas; estudar os efeitos da rotatividade, drenagem, irrigação, adubagem e condições climáticas sobre culturas agrícolas, realizando experiência e analisando seus resultados nas fases da semeadura, cultivo e colheita, para determinar as técnicas de tratamento do solo e a exploração agrícola mais adequada a cada tipo de solo e clima; elaborar novos métodos de combate às ervas daninhas, enfermidades da lavoura e pragas de insetos, e/ou aprimorar os já existentes, baseando-se em experiências e pesquisas, para preservar a vida das plantas e assegurar o maior rendimento do cultivo; orientar agricultores e outros trabalhadores agrícolas sobre sistemas e técnicas de exploração agrícola, fornecendo indicações, épocas e sistemas de plantio, custo dos cultivos, variedades a empregar e outros dados pertinentes, para aumentar a produção e conseguir variedades novas ou melhoradas, de maior rendimento, qualidade e valor nutritivo; pode especializar-se em determinado aspecto das culturas agrícolas como multiplicação de variedades de plantas, no combate a pragas ou em cultivos específicos; executar outras tarefas de mesma natureza e nível de dificuldade.



MÉDICO – ÁREA MEDICINA DO TRABALHO Nível de Classificação E, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Curso superior em Medicina com residência médica em Medicina do Trabalho credenciada pelo MEC ou título de especialista na área, conferido pelo Conselho Federal ou Regional de Medicina ou sociedade específica da área e Registro no Conselho competente. Carga horária semanal: 20 horas. Remuneração: R$ 4.180,66 (quatro mil cento e oitenta reais e sessenta e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: efetuar exames médicos, emitir diagnósticos, prescrever medicamentos, realizar outras formas de tratamento, aplicando recursos de medicina preventiva ou terapêutica, de acordo com a especialidade. Implementar ações para promoção da saúde; coordenar programas e serviços em saúde, efetuar perícias, auditorias e sindicâncias médicas; elaborar documentos e difundir conhecimentos da área médica. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: fazer anamnese, exame físico e seguimento dos pacientes; estabelecer conduta com base na suspeita diagnóstica; solicitar exames complementares e/ou período de consulta; determinar por escrito prescrição de medicamentos e cuidados especiais; preencher a assinar formulários; realizar tratamentos específicos de rotina e emergência e fazer anotações pertinentes no prontuário; participar na execução dos programas de atendimento, ensino e pesquisa médica e da equipe multiprofissional; participar de reuniões administrativas e científicas do corpo clínico; participar da avaliação da qualidade da assistência médica prestada ao paciente, com os demais profissionais de saúde no programa de melhoria de assistência global; cumprir normas e regulamentos da unidade; executar outras tarefas de mesma natureza e nível de dificuldade.

EDITOR DE IMAGEM Nível de Classificação D, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Experiência (12 meses). Carga horária semanal: 40 horas. Remuneração: R$ 2.446,96 (dois mil e quatrocentos e quarenta e seis reais e noventa e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: Executar trabalhos relacionados à gravação, montagem e sonorização de programas gravados (áudio e vídeo) em fita magnética (fita de vídeo – tape) e/ou em mídia digital. Descrição de atividades típicas do cargo: Operar vídeo – tape e/ou gravadores digitais para gravação e/ou produção de imagens transmitidas e recolhidas na tela. Selecionar imagens e som, ordenando-as, segundo um roteiro, numa fita de VT e/ou em mídia digital. Operar ilha de edição por VT e/ou softwares de edição e uma unidade de controle de edição automática (Editor) e outras fontes de imagem. Realizar ajustes de nível de vídeo e áudio, durante gravações referido por um padrão. Fazer a edição de programas. Realizar cópias de programa. Indexar fitas e/ou mídia digital sob sua utilização para planilha de gravação e edição. Dar pareceres relacionados com assuntos artísticos e técnicos ligados à função. Encaminhar pedidos de manutenção dos equipamentos sob sua guarda ao supervisor de manutenção. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de dificuldade.

OPERADOR DE CÂMERA DE CINEMA E TV Nível de Classificação D, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Experiência (6 meses). Carga horária semanal: 40 horas. Remuneração: R$ 2.446,96 (dois mil e quatrocentos e quarenta e seis reais e noventa e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação.

Descrição sumária do cargo: captar imagens através de câmeras de cinema e vídeo para a realização de produções cinematográficas, televisivas e multimídia, com teor artístico, jornalístico, documental e publicitário. Captar imagens em movimento; interpretar visualmente o roteiro; executar conceito fotográfico e organizar produção de imagens, dialogando constantemente com a equipe de trabalho. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: captar imagens em movimento. Posicionar câmera de acordo com orientação do diretor; ajustar câmera; enquadrar imagens de acordo com orientação do diretor; focar imagens. Interpretar visualmente o roteiro. Compreender o projeto; definir conceito fotográfico juntamente com diretor; traduzir conceito fotográfico em imagens. Executar conceito fotográfico. Fazer testes fotográficos; estabelecer movimento de câmera. Organizar produção de imagens. Participar de elaboração de cronograma; participar de ensaios. Informar departamentos das necessidades referentes à captação de imagens; dialogar com diretor de TV, com diretor do filme ou vídeo, com produtores, com diretor de arte e cenógrafo, com técnicos de som e com figurinista e maquiador. Utilizar recursos de informática. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional.



REVISOR DE TEXTO BRAILLE Nível de Classificação D, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Médio completo + habilitação específica e Experiência (24 meses). Carga horária semanal: 40 horas. Remuneração: R$ 2.446,96 (dois mil e quatrocentos e quarenta e seis reais e noventa e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: revisar textos escritos no sistema Braille. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: utilizar corretamente nas adaptações gráficas, o sistema Braille, por extenso e abreviado, bem como os códigos de notações de matemática, física, química, demais ciências exatas e musicografia braile. Ler textos transcritos em português ou em língua estrangeira, por extenso ou abreviados. Corrigir erros de transcrição e indicar ao transcritor os erros a ser corrigidos mediante o uso de estereotipia Braille. Realizar atividades correlatas. Utilizar recursos de informática. Participar das atividades de ensino pesquisa e extensão. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional.

TÉCNICO EM ALIMENTOS E LATICÍNIOS Nível de Classificação D, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Médio Profissionalizante ou Médio completo + Curso Técnico e Registro no Conselho competente. Carga horária semanal: 40 horas. Remuneração: R$ 2.446,96 (dois mil e quatrocentos e quarenta e seis reais e noventa e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: realizar de caráter técnico relativas à produção de alimentos, executando experiência e ensaios de laboratórios, para cooperar no desenvolvimento e controle de fabricação desses produtos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Descrição de atividades típicas do cargo: realizar estudos e experiências relativas à fabricação e transformação de alimentos; analisar e testar processos, produtos novos ou aperfeiçoados; determinar as misturas e fórmulas experimentais, obedecendo à instrução da direção técnica especializada; acompanhar as diferentes etapas de fabricação, comprovando o produto final; efetuar testes de laboratório e outros, específicos; assegurar a observância aos padrões estabelecidos; operar no campo da tecnologia de alimentos de acordo com a necessidade da Instituição; efetuar levantamentos dos materiais necessários ao serviço; assistir aos pesquisadores e docentes, na área de sua especialidade; executar outras tarefas de mesma natureza e mesmo nível de dificuldade.

TÉCNICO EM CONTABILIDADE Nível de Classificação D, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico e Registro no Conselho competente. Carga horária semanal: 40 horas. Remuneração: R$ 2.446,96 (dois mil e quatrocentos e quarenta e seis reais e noventa e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: organizar os serviços de contabilidade em geral, organizar os documentos e métodos de escrituração nos sistemas mecanizados e automatizados, para fazer cumprir as exigências legais e administrativas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: conferir e preparar todos os documentos que exigem pagamentos, inclusive com cálculo e recolhimentos, se necessário; informar e orientar sobre pagamento a fornecedores e ás unidades administrativas; fazer relatórios e levantamentos a pedido do superior imediato; executar balancetes diários, mensais e balanços anuais; executar através do sistema mecânico ou computacional a escrituração contábil; contabilizar todas as operações financeiras com controle de saldos bancários; controlar saldo da conta, bens e valores a incorporar; controlar todos os convênios firmados pela unidade; contabilizar o sistema financeiro, orçamentário e patrimonial; fazer conciliação em fichas contábeis; elaborar listagens de captação de dados orçamentários, financeiro e patrimonial e demonstrativo da disponibilidade financeira; elaborar mensalmente os balancetes, demonstrativo da execução orçamentária e extraorçamentária da receita e da despesa; elaborar a declaração de isenção de imposto de renda, pessoa jurídica, para ser entregue na receita federal; controlar as verbas orçamentárias e extraorçamentária, dentro dos seus respectivos programas, subprogramas, projetos e atividades; controlar o suprimento de fundos; emitir empenhos, anulações, correspondências, requerimentos, informações sobre posições de processos, cálculos, descontos, fretes, embalagens, taxas de correio, etc.; informar ao setor de orçamento, centros e departamentos os débitos e créditos a serem efetuados aos departamentos através de demonstrativos, conferências, controle em livros dos empenhos emitidos; executar outras tarefas de mesma natureza e mesmo nível de dificuldade.

TÉCNICO EM ELETROELETRÔNICA Nível de Classificação D, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico e Registro no Conselho competente. Carga horária semanal: 40 horas.

Remuneração: R$ 2.446,96 (dois mil e quatrocentos e quarenta e seis reais e noventa e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: executar tarefas de manutenção, instalação e reparação de sistemas eletroeletrônicos convencionais e automatizados, bem como as de coordenação e desenvolvimento de equipes de trabalho no planejamento, desenvolvimento, avaliação de projetos e aplicação de normas técnicas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: colaborar nos trabalhos de estudo e aperfeiçoamento de instalações e equipamentos eletroeletrônicos. Preparar estimativas das quantidades e custos dos materiais e mão de obra necessários à fabricação e montagem de instalações e equipamentos eletroeletrônicos. Proceder a ensaios de controle técnico dos produtos. Aplicar conhecimentos teóricos e práticos de eletricidade e de eletrônica. Auxiliar em trabalhos de pesquisa, ensino e administração referente à área eletroeletrônica. Aperfeiçoar máquinas, ferramentas e equipamentos de funcionamento eletroeletrônico, executando tecnicamente projetos, colaborando na assistência técnica, registrando o desempenho e avaliando a eficiência. Elaborar relatórios de atividades. Auxiliar na elaboração de projetos que envolvam equipamentos e instalações eletrônicas. Executar manutenção preventiva e corretiva em aparelhos de televisão e similares. Conhecer a estrutura de produção de televisão. Instalar equipamentos de um sistema de produção e distribuição de audiovisual. Dar pareceres relacionados com assuntos técnicos da função. Reparar aparelhos de precisão. Coordenar o trabalho dos auxiliares orientando-os. Preencher formulários de serviço. Utilizar recursos de informática. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associado ao ambiente organizacional.



TÉCNICO EM HERBÁRIO Nível de Classificação D, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Experiência (12 meses). Carga horária semanal: 40 horas. Remuneração: R$ 2.446,96 (dois mil e quatrocentos e quarenta e seis reais e noventa e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: executar tarefas de conservação e disposição de coleções de plantas secas, de forma a possibilitar consultas e exames necessários. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: preparar segundo orientação técnica os vegetais a serem armazenados; classificar e catalogar os vegetais segundo sistema pré-estabelecido; prestar assistência e informações aos usuários do herbário; zelar pela conservação e manutenção do acervo; auxiliar em pesquisas, aulas práticas e projetos, fornecendo matérias e informações necessárias; executar outras tarefas de mesma natureza e mesmo nível de dificuldade.

TÉCNICO DE LABORATÓRIO – ÁREA BIOTERISMO Nível de Classificação D, Nível de Capacitação I, Padrão 01. Requisito para investidura: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico na Área. Carga horária semanal: 40 horas.

Remuneração: R$ 2.446,96 (dois mil e quatrocentos e quarenta e seis reais e noventa e seis centavos), corresponde ao Vencimento Básico inicial, Auxílio Alimentação no valor de R$ 458,00; podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Descrição sumária do cargo: executar trabalhos técnico de laboratório relacionados com a área de atuação (bioterismo), realizando ou orientando coleta, análise e registros de material e substâncias através de métodos específicos. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Descrição de atividades típicas do cargo: desenvolver e executar atividades de apoio técnico em biotério, destinadas ao ensino, pesquisa e extensão; prestar cuidados para com os animais do biotério, tais como: alimentação, higiene e sanidade, incluindo manuseio dos animais para o suporte de aulas, experimentos e pesquisas; colaborar com profissionais da área e docentes no planejamento, execução de experimentos destinados ao ensino, pesquisa e na prestação de serviços relacionados ao campo da ciência em que estiver envolvido; preparar reagentes, peças e outros materiais utilizados em experimentos; proceder à montagem de experimentos, preparando equipamentos e materiais de consumo em geral para serem utilizados em aulas experimentais e ensaios de pesquisa; fazer coleta de amostras e dados em laboratórios ou em atividades de campo relativas à pesquisa; proceder à análise de materiais em geral – utilizando métodos físicos, químicos, físico-químicos e bioquímicos – para se identificar qualitativo e quantitativamente os componentes desse material, utilizando metodologia prescrita; proceder à limpeza e à conservação de instalações, equipamentos e materiais dos laboratórios; proceder ao controle de estoque dos materiais de consumo dos laboratórios; responsabilizar-se por pequenos depósitos e/ou almoxarifados dos setores que estejam alocados; gerenciar o laboratório conjuntamente com o responsável pelo mesmo; executar outras tarefas de mesma natureza e mesmo nível de dificuldade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.