Veterinário ataca mulher com bisturi e é encontrado morto

0



Um médico veterinário atacou uma colega de trabalho com um bisturi e um martelo. O caso aconteceu na cidade de São Paulo, no bairro do Butantã, neste domingo (26).

UFMS abre processo seletivo com remuneração de até R$ 19.985

Relatos iniciais contam que o homem, que chamava-se Lucas Kitamoto Facundo Leite e tinha 42 anos de idade, teria ferido a mulher no pescoço e a agredido com marteladas. Depois disso, teria se trancado no banheiro.

Um carro da polícia, que passava pelo local, foi parado por pessoas que estavam na clínica veterinária. Os policiais teriam encontrado o médico veterinário morto, com seringas ao redor do corpo.

A suspeita é de que o homem tenha injetado medicamentos usados para eutanásia em sua veia.

Segundo colegas de trabalho, Lucas seria apaixonado pela moça que foi agredida, mas não era correspondido.

A médica veterinária agredida foi hospitalizada, mas passa bem. O caso será investigado  pela equipe do 34 DP Vila Sônia.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.