Cantora espanhola morre após ser atingida por fogos de artifício em show

0

A cantora espanhola Joana Sainz García, de 30 anos, morreu na manhã de domingo (1º), vítima de um acidente  durante um festival de música na cidade de Las Berlanas, na Espanha.


Segundo o El Diario Montañés, ela estava no palco se apresentando com o grupo Super Hollywood Orchestra quando foi atingida por fogos de efeitos pirotécnicos.

Cantora espanhola não resistiu aos ferimentos

Joana caiu inconsciente após ser atingida por um cartucho usado nos efeitos pirotécnicos. O acidente aconteceu durante a última noite do festival que durava quatro dias.




A falha nos efeitos pirotécnicos atingiu a cantora no abdômen. Joana foi socorrida por um médico que estava na plateia e as cortinas do palco foram fechadas. Ela foi levada às pressas para o Complexo Hospitalar de Ávila, onde mais tarde foi declarada morta. 

O Super Hollywood Orchestra já havia usado efeitos pirotécnicos em mais de 2.000 shows, sem nenhum incidente.

O município de Las Berlanas, organizador do festival de música, prestou suas condolências em um post do Facebook.

“Da Corporação Municipal de Las Berlanas e como representantes de toda a cidade, queremos estender nossas condolências aos parentes de Joana, a garota do grupo Super Hollywood que morreu ontem em nossa cidade, bem como a todos os seus colegas de grupo. Muito obrigado Johna Sainz. Você está em nossa memória”, dizia o post.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.