Nego do Borel, de A Fazenda 13, é indiciado por lesão corporal

0

Duda Reis, ex-noiva de Nego do Borel, acusou o cantor de estupro de vulnerável, lesão corporal, violência doméstica, injúria e ameaça. E, até agora, o crime de lesão corporal pela Lei Maria da Penha foi acatado.




“Com relação aos demais fatos citados pela vítima neste procedimento, por ora, não vislumbro elementos suficientes para determinar o indiciamento do investigado, sem prejuízo de entendimento diverso por parte do Ministério Público”, disse a delegada responsável pelo caso, de acordo com a coluna de Leo Dias.

O Ministério Público decidirá se o cantor será denunciado ou não pelo crime. A defesa dele solicita que a delegacia aguarde 90 dias para que Nego do Borel preste esclarecimentos. No pedido, os advogados do cantor usam como justicativa do seu confinamento no reality show A Fazenda 13.

Há dois dias, Duda Reis havia publicado em sua rede social que o cantor havia sido indicado por violência doméstica na última sexta-feira (17). “Hoje Nego do Borel foi indiciado por violência doméstica contra mim. Acho que vocês precisam saber, principalmente quem duvida da palavra da mulher e sempre a coloca em questão”, disse Duda.

O relacionamento dos dois chegou ao fim em dezembro de 2020. Após o término, Duda Reis registrou boletim de ocorrência contra o cantor, relatando ter sido vítima de estupro e ameaças. A assessoria do cantor confirmou o indiciamento, mas afirmou que não foi por agressão, e sim por “lesão corporal devido a perturbações psíquicas”.

“Com relação ao indiciamento pela lesão corporal cumpre dizer que o fato é extremamente subjetivo, já que considerou perturbações psicológicas, e é só questão de tempo para o Leno também provar sua inocência”, disse a nota da assessoria do participante de A Fazenda 13.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.