Porta de entrada dos brasileiros na Europa: o que fazer em Portugal?

0
lisboa-portugal
Lisboa é o grande cartão-postal português

Nos últimos anos, Portugal se tornou um dos destinos favoritos dos brasileiros. Em 2019, por exemplo, os irmãos lusitanos receberam mais de um milhão de turistas brasileiros. Já em setembro deste ano, com a reabertura da fronteira, em menos de 30 dias mais de 120 mil visitantes do Brasil entraram em solo português.

Os números evidenciam a lógica: o brasileiro gosta de Portugal. Entre os vários motivos estão a boa culinária, a mesma língua, o clima agradável para o padrão europeu e o custo de vida relativamente baixo quando comparado com outras potências da Europa.

Portanto, sendo um destino tão frequente para os brasileiros, vale a pena entender mais a fundo o que há de tão especial em Portugal com algumas dicas sobre o que fazer por lá.

Visitar o Algarve no verão

Localizada no sul de Portugal, a região do Algarve é a mais quente entre as terras continentais do país e os lusos sabem aproveitar muito bem o potencial turístico das cidades litorâneas por lá localizadas.

Entre Portimão, Albufeira e Lagos estão as praias mais famosas do sul de Portugal e, como não poderia ser diferente, na época do verão essas cidades ficam abarrotadas de turistas — sendo a maioria deles ingleses, provavelmente para escapar do frio. Tanto que, de acordo com o relatório português do Instituto Nacional de Estatística (INE), no verão de 2021 cerca de 30% dos turistas que visitaram o país dormiram no Algarve.

Além das praias com seus hotéis resorts de luxo e requinte, o Algarve também proporciona locais altamente históricos que contam um pouco da rica história portuguesa — como por exemplo na cidade de Faro, que foi uma das mais importantes na reconquista de Portugal contra os povos marroquinos.

Por conta da posição estratégica no mapa, além de Faro há outras cidades no Algarve que contam com monumentos e museus que contam boa parte da história de como Portugal nasceu.

Sendo assim, o Algarve é uma região ideal para passar as férias de verão por conta de sua rica histórica e praias paradisíacas que conquistam turistas do mundo todo. Ah, também é bom mencionar que por lá, mais especificamente na cidade de Portimão, é sediado anualmente o Grande Prêmio de Fórmula 1 — um evento especial para coincidir com a data da viagem.

Portugal além do óbvio: a terra dos cassinos

roleta
Portugal, a terra dos cassinos
Foto de Pavel Danilyuk no Pexels

Como forma de incentivar o turismo, Portugal abraçou a ideia de ter vários cassinos em seu país. Atualmente são 11 em funcionamento, sendo que todos eles estão estrategicamente localizados em regiões turísticas.

São três cassinos no Algarve, dois deles na região metropolitana de Lisboa, alguns outros no centro e no norte e um na famosa Ilha da Madeira — esse arquitetado pelo lendário Oscar Niemeyer, sendo a única obra de sua autoria em Portugal.

Para você não chegar em Portugal perdido nos cassinos, a melhor opção é treinar nos cassinos online, visto que no Brasil ainda não é permitido a presença física desse tipo de estabelecimento.

Pela internet, é possível ter uma experiência muito fidedigna com a realidade, principalmente com a possibilidade enorme de jogos temáticos propiciados para os seus jogadores — como acontece na 888 casino, em que só na parte das slots há como jogar jogos que remetem a temas como Natal, Pantera Cor-de-Rosa, Guns N’ Roses e tantos outros.

Conhecer a região do Parque das Nações em Lisboa

Lisboa é a cidade mais importante de Portugal, seja no âmbito econômico, histórico ou turístico. Entre as várias regiões para visitar na capital portuguesa, destaque maior para os lados do Parque das Nações.

Área revitalizada no fim da década de 1990, o Parque das Nações se tornou um símbolo da Lisboa moderna. Prédios novos, restaurantes requintados, uma excelente estação de metrô e trem (Oriente) e um ótimo shopping (Centro Vasco da Gama) são as principais atrações da região.

Além disso, no Parque das Nações também conta com uma área de lazer acentuada por uma orla de quilômetros de extensão. Diariamente, milhares de pessoas fazem atividades físicas como caminhada e ciclismo. Tudo isso acompanhado de ótima segurança e tranquilidade.

Uma bate e volta em Porto é indispensável

porto-portugal
Porto é a segunda maior cidade do país

Uma das grandes vantagens de Portugal é que é possível conhecer o país todo sem precisar de uma passagem de avião, visto que entre Algarve a Porto (sul ao norte) são cerca de cinco horas de distância de carro.

Para quem fica hospedado em Lisboa, não há desculpa para não conhecer Porto. Com cerca de três horas de distância em viagem terrestre, a cidade localizada no norte de Portugal cresceu bastante nos últimos anos.

Apesar de ser uma cidade bastante fria no inverno, Porto oferece atrações turísticas muito agradáveis, com foco no âmbito culinário e urbano.

No Porto, é impossível não se encantar com a vida noturna à beira do famoso Rio Douro. O Cais da Ribeira é visita obrigatória para quem visita a cidade, assim como a Sé do Porto, a região de Boavista e o incrível Jardins do Palácio de Cristal.

Aproveitar as orlas turísticas de Estoril e Cascais

Parte do que faz Lisboa tão especial é que do seu ladinho estão as turísticas Estoril e Cascais — aproximadamente 40 minutos de trem por meio das ótimas linhas ferroviárias, chamadas de Comboios de Portugal.

Cidades pitorescas que parecem que foram feitas para o turismo, ambas agradam a todos os gostos: contam com centro histórico recheado de lojinhas e bons restaurantes, orla de boa estrutura para os visitantes e um clima muito agradável nos meses mais quentes do ano.

Em Cascais também é encontrada a Boca do Inferno, um conjunto de belas falésias oceânicas que formam um arco natural e uma caverna totalmente a céu aberto — tudo feito pela força das ondas. Ponto panorâmico dos mais visitados da região metropolitana de Lisboa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.