Iguape recebe o Festival Literário 2022; veja a programação

0

O Festival Literário de Iguape (FLI), que atualmente passou a ser chamado apenas de Festival Literário, será realizado entre os dias 14 e 17 de junho de 2022, na cidade de Iguape, que está localizada no Vale do Ribeira, Estado de São Paulo.



“O abraço” é o tema desta edição. O evento é gratuito e aberto a pessoas de diferentes idades. Haverá também uma programação online. Veja a programação completa do Festival Literário de Iguape abaixo.

UFSC abre inscrições para oito cursos gratuitos online

Programação do Festival Literário de Iguape (FLI)

14/06

TERÇA-FEIRA

Fábrica de Cultura Iguape (Praça Engenheiro Greenhalgh, s/n, Centro Histórico)

9h às 22h

TROCA GRATUITA DE LIVROS

Espaço de troca de livros infantis, adultos e gibis. Uma oportunidade de renovar suas bibliotecas pessoais, sem custo. Para as trocas, é recomendado que os livros estejam em bom estado e não sejam didáticos ou técnicos.

9h às 22h

BIBLIOTECA DOS ABRAÇOS

A Biblioteca dos Abraços apresenta vídeos com depoimentos de professores e estudantes do Vale do Ribeira contando suas histórias com livros que os abraçaram. Afinal, todo livro é um abraço que a gente recebe, quando abrimos e quando fechamos uma obra. No local, haverá uma estante com alguns dos livros mencionados e uma lousa interativa para que o público presente indique seus livros-abraços.

10h às 11h | Oficina

TUDO COM A MESMA LETRA

Equipe de Biblioteca da Fábrica de Cultura Iguape

Uma forma divertida de exercitar a criatividade e a comunicação em grupo, formando várias pequenas histórias coletivas. Nesta atividade, o participante diz uma palavra que inicia com a mesma letra proposta pela Equipe de Biblioteca. Então, cada pessoa presente dará sequência, usando a mesma referência.

15 vagas | Inscrições no local, no dia da atividade.

17h às 22h

MULHERES NEGRAS NA BIBLIOTROCA: TROCA GRATUITA DE LIVROS DE AUTORAS NEGRAS

Primeira biblioteca do Brasil de troca de livros de autoras negras, o projeto conta com acervo de mais de 250 livros, entre obras de ficção-científica, ensaios, poesia, biografias e romances nacionais e internacionais. Para participar, o público deve oferecer, em troca, livros também de autoras negras.

20h | Cena

“ERA UMA VEZ?”

por Izabelle Ferreira

A atriz Izabelle Ferreira, de Registro, interpreta um poema do livro “Ambivivências” (Editora Inteligência, 2021), de Kelly Cena e Mariana Cabeça. A obra é uma partilha íntima, através das vivências de suas autoras, de como se dá o processo de racialização para uma pessoa branca e uma pessoa negra.

20h10 | Conversa

FLI ENTREVISTA KELLY CENA E MARIANA CABEÇA

Entrevistadoras: Helena Silvestre, Ana Luiza Franco Gonçalves Aguiar (aluna da EE José Muniz Teixeira) e Heloisa Helena da Silva Costa (aluna da EE José Muniz Teixeira)

Helena Silvestre, autora de “Notas sobre a fome” (Editora TXAI, 2019), convida Ana Luiza Franco Gonçalves Aguiar e Heloisa Helena da Silva Costa, alunas da Escola Estadual José Muniz Teixeira, para, juntas, entrevistarem Kelly Cena e Mariana Cabeça, autoras de “Ambivivências” (Editora Inteligência, 2021), refletindo sobre a importância da poesia e de como poetas interpretam, por meio de seus escritos, o tempo em que vivemos.

60 lugares | Distribuição gratuita de ingressos 1h antes do início da atividade.

Acessível em Libras

21h20 | Espetáculo

“MU/DANÇAS”

Cia. Viela de Dança

O espetáculo propõe, através do recorte do espaço que narra, a partir de células coreográficas, as múltiplas possibilidades de deslocamentos dos corpos que criam atravessamentos e modificam, por meio das danças urbanas, a arquitetura física de si mesmos e dos espaços que abraçam.

 15/06

QUARTA-FEIRA

Fábrica de Cultura Iguape (Praça Engenheiro Greenhalgh, s/n, Centro Histórico)

9h às 22h

TROCA GRATUITA DE LIVROS

Espaço de troca de livros infantis, adultos e gibis. Uma oportunidade de renovar suas bibliotecas pessoais, sem custo. Para as trocas, é recomendado que os livros estejam em bom estado e não sejam didáticos ou técnicos.

9h às 22h

BIBLIOTECA DOS ABRAÇOS

A Biblioteca dos Abraços apresenta vídeos com depoimentos de professores e estudantes do Vale do Ribeira contando suas histórias com livros que os abraçaram. Afinal, todo livro é um abraço que a gente recebe, quando abrimos e quando fechamos uma obra. No local, haverá uma estante com alguns dos livros mencionados e uma lousa interativa para que o público presente indique seus livros-abraços.

10h às 11h | Oficina

ADIVINHE O FILME ATRAVÉS DA IMAGEM

Equipe de Biblioteca da Fábrica de Cultura Iguape

Muitos filmes ficam gravados em nossas memórias e produzem recordações afetuosas. Durante a pandemia, várias dessas obras nos confortaram e nos abraçaram de alguma forma. Será, então, que conseguimos adivinhar alguns desses filmes, utilizando apenas algumas imagens?

15 vagas | Inscrições no local, no dia da atividade.

17h às 22h

MULHERES NEGRAS NA BIBLIOTROCA: TROCA GRATUITA DE LIVROS DE AUTORAS NEGRAS

Primeira biblioteca do Brasil de troca de livros de autoras negras, o projeto conta com acervo de mais de 250 livros, entre obras de ficção-científica, ensaios, poesia, biografias, romances nacionais e internacionais. Para participar, o público deve oferecer, em troca, livros também de autoras negras.

20h | Cena

“ESPERANÇA”

por Felipe Ferrimann

O ator Felipe Ferrimann, de Juquiá, interpreta um poema do livro “Mutirão de versos” (Mazza Edições, 2021), de Julio Cesar da Costa. A obra, quinta publicação do poeta de Miracatu, convida-nos para uma viagem pelas belezas e contradições do Vale do Ribeira, acompanhando o ritmo de suas águas.

20h10 | Conversa

FLI ENTREVISTA JULIO CESAR DA COSTA

Entrevistadores: Salloma Salomão, Gabriel Gonçalves Trigo (aluno da EE Cel. Jeremias Júnior) e Raphaela de Souza Santos (aluna da EE Cel. Jeremias Júnior)

Salloma Salomão convida Raphaela de Souza Santos e Gabriel Gonçalves Trigo, alunos da Escola Estadual Cel. Jeremias Júnior, para, juntos, sabatinarem o professor e poeta miracatuense Julio Cesar da Costa, autor de “Mutirão de versos” (Mazza Edições, 2021).

60 lugares | Distribuição gratuita de ingressos 1h antes do início da atividade.

Acessível em Libras

21h20 | Show

PACKAW

Com 30 anos de trajetória e mais de 100 composições, Packaw é samba, baião, ijexá e rock. No formato voz e violão, inspirado pela beleza e cultura da região, o músico canta e toca seu repertório autoral.

Acessível em Libras

16/06

QUINTA-FEIRA

Fábrica de Cultura Iguape (Praça Engenheiro Greenhalgh, s/n, Centro Histórico)

9h às 23h

TROCA GRATUITA DE LIVROS

Espaço de troca de livros infantis, adultos e gibis. Uma oportunidade de renovar suas bibliotecas pessoais, sem custo. Para as trocas, é recomendado que os livros estejam em bom estado e não sejam didáticos ou técnicos.

9h às 23h

BIBLIOTECA DOS ABRAÇOS

A Biblioteca dos Abraços apresenta vídeos com depoimentos de professores e estudantes do Vale do Ribeira contando suas histórias com livros que os abraçaram. Afinal, todo livro é um abraço que a gente recebe, quando abrimos e quando fechamos uma obra. No local, haverá uma estante com alguns dos livros mencionados e uma lousa interativa para que o público presente indique seus livros-abraços.

17h às 23h

MULHERES NEGRAS NA BIBLIOTROCA: TROCA GRATUITA DE LIVROS DE AUTORAS NEGRAS

Primeira biblioteca do Brasil de troca de livros de autoras negras, o projeto conta com acervo de mais de 250 livros, entre obras de ficção-científica, ensaios, poesia, biografias e romances nacionais e internacionais. Para participar, o público deve oferecer, em troca, livros também de autoras negras.

20h | Circo

“CONSTRUTORES”

Coletivo Vertigem

Cidade em obra: resgatando a ideia de trupe, o espetáculo de habilidades circenses do Coletivo Vertigem surge do cotidiano de construtores em seu local de trabalho. Em cena, os intérpretes criadores Jessika Criolézio, Felipe Oliveira, Robson Cruz, Nildo Siqueira e Ítalo Tapia apresentam modalidades, com acrobacias aéreas e de solo, malabarismo, roda cyr, trumpwall e muita comicidade.

21h | Cena

“O MONTE DE CONCHAS”

por Gerson Fontes

O ator iguapense Gerson Fontes interpreta trecho do livro “Os meninos da Jureia” (2021), de Henrique Monteiro. A obra conta as aventuras de Quico, um garoto que, de férias em Iguape, conhece os meninos da Barra do Ribeira, últimos herdeiros da cultura caiçara. Com os novos amigos, aprende sobre tradições centenárias e descobre que estão ameaçados.

21h10 | Conversa

FLI ENTREVISTA HENRIQUE MONTEIRO

Entrevistadores: Jenyffer Nascimento, Jullya Oliveira Quintana (aluna da EE Sebastiana Muniz Paiva) e Thalles Roberto de Jesus Avelar (aluno da EE Sebastiana Muniz Paiva)

Jenyffer Nascimento convida Jullya Oliveira Quintana e Thalles Roberto de Jesus Avelar, alunos da Escola Estadual Sebastiana Muniz Paiva, para, juntos, entrevistarem o tradutor, editor e consultor literário Henrique Monteiro, autor de “Os meninos da Jureia” (2021).

60 lugares | Distribuição gratuita de ingressos 1h antes do início da atividade.

Acessível em Libras

22h20 | Show

GRUPO MANEMA

O Grupo Manema, sinônimo de resistência das práticas tradicionais, apresenta um show de fandango com a ancestral música caiçara e toda a sua alegria. Composto por Cleiton do Prado, Dalmo Cunha, Maurício de Lima Alves, Marcos Maia, Gabriel de Souza Prado e Daniel Prado de Lima, o Grupo celebra a tradição e a cultura de seu território.

Acessível em Libras

17/06

SEXTA-FEIRA

Fábrica de Cultura Iguape (Praça Engenheiro Greenhalgh, s/n, Centro Histórico)

9h às 22h

TROCA GRATUITA DE LIVROS

Espaço de troca de livros infantis, adultos e gibis. Uma oportunidade de renovar suas bibliotecas pessoais, sem custo. Para as trocas, é recomendado que os livros estejam em bom estado e não sejam didáticos ou técnicos.

9h às 22h

BIBLIOTECA DOS ABRAÇOS

A Biblioteca dos Abraços apresenta vídeos com depoimentos de professores e estudantes do Vale do Ribeira contando suas histórias com livros que os abraçaram. Afinal, todo livro é um abraço que a gente recebe, quando abrimos e quando fechamos uma obra. No local, haverá uma estante com alguns dos livros mencionados e uma lousa interativa para que o público presente indique seus livros-abraços.

10h às 11h | Oficina

DESENHO OCULTO

Equipe de Biblioteca da Fábrica de Cultura Iguape

Esta atividade propõe o exercício da capacidade de comunicação dos participantes, utilizando a dinâmica do desenho oculto. Será que depois de tanto tempo fisicamente separados, ainda conseguimos nos comunicar de forma eficiente? Como fazer o outro entender aquilo que estamos querendo dizer?

15 vagas | Inscrições no local, no dia da atividade.

10h às 17h | Curso

A ARTE DE CRIAR LEITORES: REFLEXÕES E DICAS PARA UMA MEDIAÇÃO EFICAZ

com Goimar Dantas

Reflexões, exercícios e ações para aprimorar a mediação cultural e o compartilhamento do gosto pela literatura com públicos e comunidades das bibliotecas e espaços de leitura. Quem são os mediadores de leitura e qual o seu papel no processo de formação do leitor? Como se forma e quais as funções de um mediador de leitura? Como se preparar para ser um bom mediador de leitura?

30 vagas | Inscrições até 16/6: siseb.sp.gov.br/agenda

17h às 21h

MULHERES NEGRAS NA BIBLIOTROCA: TROCA GRATUITA DE LIVROS DE AUTORAS NEGRAS

Primeira biblioteca do Brasil de troca de livros de autoras negras, o projeto conta com acervo de mais de 250 livros, entre obras de ficção-científica, ensaios, poesia, biografias e romances nacionais e internacionais. Para participar, o público deve oferecer, em troca, livros também de autoras negras.

17h às 20h | Mentoria

S.O.S. LITERATURA

com Adriano Souza, Geruza Zelnys e Ricardo Botelho

Neste pronto atendimento literário, o Centro de Apoio ao Escritor da Casa das Rosas auxilia escritores independentes e demais profissionais interessados no mercado literário. Para isso, conta com Adriano Souza, especialista em direitos autorais e de imagem, propriedade intelectual; Geruza Zelnys, que aborda processo criativo e escrita de prosa e poesia; e Ricardo Botelho, que trata de edição de livro (impresso e ebook) e marketing de escritores. Para participar, é preciso retirar uma senha no próprio local.

18h | Sarau

FLISARAU

apresentação: Bianca Gonçalves | participação especial: Coletivo Cultural de Iguape

Bianca Gonçalves, poeta e performer, comanda o FLISARAU: encontro poético com microfone aberto para todos que quiserem ler ou recitar textos, poemas ou poesias, autorais ou não autorais. As inscrições começam uma hora antes, no próprio local.

20h | Cena

“TRAGÉDIA À BRASILEIRA”

por Aly da Costa

A atriz Aly da Costa, de Iguape, interpreta trecho do livro “Dezcontos à vista e poemas com juras de amor” (Editora Inteligência, 2021), de Giovana Neves. A obra traz contos, microcontos, apólogo, crônicas e poemas, acompanhados de breves explicações sobre a elaboração de gêneros literários, objetivando incentivar os jovens à produção escrita.

20h10 | Conversa

FLI ENTREVISTA GIOVANA NEVES

Entrevistadoras: Maria Vilani, Letícia de Souza Francisco (aluna da EE Clodonil Cardoso) e Emily Cristiny Alves Cardoso (aluna da EE Clodonil Cardoso)

Maria Vilani convida Letícia de Souza Francisco e Emily Cristiny Alves Cardoso, alunas da Escola Estadual Clodonil Cardoso, para, juntas, entrevistarem a professora, atriz, poetisa, contista e cronista Giovana Neves, autora de “Dezcontos à vista e poemas com juras de amor” (Editora Inteligência, 2021).

60 lugares | Distribuição gratuita de ingressos 1h antes do início da atividade.

Acessível em Libras

21h20 | Espetáculo

“ORÉ”

Grupo Caixa Preta de Teatro

O espetáculo celebra o reencontro do homem com o próprio homem. “ORĖ”, que, em Tupi Guarani, significa “NÓS”, enaltece e festeja, por meio da música, da poesia e da arte do encontro, um convite ao sonho e à beleza de sermos todos um só, na pureza e fortaleza de um abraço e na inspiração que só os artistas podem oferecer.

Acessível em Libras

 

Festival Literário de Iguape (FLI 2022) – programação virtual

Conversa

ENTRE ABRAÇOS, LITERATURAS E BIBLIOTECAS

com Ignácio de Loyola Brandão | Mediação: Tarso de Melo

3/6 – sexta-feira – 15h às 17h

Num tempo de poucos abraços e muitas restrições, a capacidade que os livros têm de ampliar nosso mundo – no espaço e no tempo, para o passado, no presente e para o futuro – se revelou ainda mais incrível e necessária. Trancados em nossas casas, agarramos esses objetos infinitos que, entre uma página e outra, logo nos devolviam alguma liberdade, força e sentido para existir.

Inscrições até às 10h de 3/6: siseb.sp.gov.br/agenda

Acessível em Libras

Conversa

FLI 10 ANOS

Em 2013, FLI apresentava o primeiro capítulo de sua história. Nesta edição comemorativa de uma década de Festival, convidamos alguns dos nomes que já passaram por sua curadoria. Num bate-papo com Reynaldo Damazio, Eduardo Santana (2013-2017), Bianca Santana (2018-2020), Antonio de Lara Mendes (2020), o trio Amara Moira, Daniel Munduruku e Renato Noguera (2021) e a dupla Bel Santos Mayer e Marcelino Freire (2022) falam sobre suas experiências e processos criativos no projeto.

Programa:

EDUARDO SANTANA

Mediação: Reynaldo Damazio

8/6 – quarta-feira – 11h às 12h

BIANCA SANTANA E ANTONIO DE LARA MENDES

Mediação: Reynaldo Damazio

9/6 – quinta-feira – 11h às 12h

AMARA MOIRA, DANIEL MUNDURUKU E RENATO NOGUERA

Mediação: Reynaldo Damazio

10/6 – sexta-feira – 11h às 12h

BEL SANTOS MAYER E MARCELINO FREIRE

Mediação: Reynaldo Damazio

13/6 – segunda-feira – 11h às 12h

Assista em:

instagram.com/OficinasCulturais

Conversa

CAFÉ EM CASA

Embora estejamos no primeiro FLI pós-pandemia, não podemos nos esquecer do ambiente virtual, que nos conectou e nos uniu com pessoas de várias partes do Brasil e do mundo. Por isso, começaremos o dia juntos, cada um em sua casa, irmanados pela arte e pela literatura, celebrando o pensamento, a educação e a cultura, demonstrando que, mesmo on-line, estamos em uma mesma “sala-cozinha”.

Programa:

GENI GUIMARÃES E MIA COUTO

Mediação: Bel Santos Mayer

17/6 – sexta-feira – 10h às 11h30

Assista em:

youtube.com/OficinasCulturaisdoEstadodeSaoPaulo

youtube.com/FabricasdeCulturaVideos

ELIANE POTIGUARA E ONDJAKI

Mediação: Bel Santos Mayer

18/6 – sábado – 10h às 11h30

Assista em:

youtube.com/OficinasCulturaisdoEstadodeSaoPaulo

FABIANA COZZA E ROSANE BORGES

Mediação: Bel Santos Mayer e Marcelino Freire

19/6 – domingo – 10h às 11h30

Assista em:

youtube.com/OficinasCulturaisdoEstadodeSaoPaulo

Inscrições para participação na sala de Zoom, ao lado dos autores, até 15/6:

https://forms.gle/mhRD772EKTNjY69TA

Acessível em Libras

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.