TSE pede que seja apurada falha em 77 mil votos nas eleições de 2014

0




O Tribunal Superior Eleitoral enviou para a Procuradoria-Geral da República e para a Polícia Federal um pedido de investigação sobre falha no registro de 40 mil votos nas eleições de 2014. A suspeita surgiu após cruzamento de dados feito na área técnica do tribunal que fez a relação de votantes e de eleitores que justificaram ausência nas urnas.

Será avaliado se o problema foi humano na hora de autorizar o voto ou se foi ação deliberada para fraudar o processo eleitoral em algumas regiões. O TSE diz que não é possível saber se todos esses casos foram irregularidades. Se houve mesmo irregularidade, o crime de falsidade ideológica é o previsto, com pena de 2 a 6 anos de prisão.

Diversas situações foram notadas por todo o Brasil. Em Centro do Guilherme (MA), por exemplo, uma única urna registrou 74 votos de eleitores que justificaram a ausência nas eleições. Em São Paulo, foram mais de 9 mil casos de registro duplo. Todos os Estados brasileiros tiveram esse tipo de ocorrência.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.