Nota Fiscal Paulista libera R$ 679 milhões; veja se você tem direito

0



Foram liberados, nesta segunda (10), R$ 679 milhões em créditos para participantes do programa Nota Fiscal Paulista. Este valor será dividido entre consumidores, condomínios e entidades sem fins lucrativos (R$ 52 milhões).

Para saber se tem direito, o consumidor deve entrar no site da Nota Fiscal Paulista e digitar seu login e senha. Nele, será possível ver o valor liberado para saque, bem como a lista de notas fiscais processadas.

O valor disponível, quando for de no mínimo R$ 25, pode ser transferido para uma conta corrente ou poupança do titular, ou seja, que seja da mesma pessoa que tem os créditos na Nota Fiscal Paulista. Após solicitar a transferência o valor estará disponível na conta em até 15 dias.

Caso prefira, o consumidor pode usar o dinheiro da Nota Fiscal Paulista para abater o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2017. Isso pode ser feito até o dia 31 de outubro de 2016 no mesmo site. O veículo precisa estar no nome do usuário cadastrado.

Como funciona a Nota Fiscal Paulista

No programa, até 20% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que foi pago pelo comércio, pode voltar para o consumidor.

Para que ele seja contabilizado, na hora da compra é necessário informar o número do CPF ou CNPJ. Isso vale também para compras online, que são feitas em empresas localizadas em São Paulo. Com isso, pessoas que residem em outros estados, mas também realizam compras virtuais, podem ter valor para receber na Nota Fiscal Paulista.

O cadastro pode ser feito no mesmo site da consulta. Notas com o CPF do consumidor, que foram emitidas antes do cadastro, também são contabilizadas.






Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.