SBT é acusado de propaganda enganosa por causa de A Usurpadora

2




Nesta segunda-feira (07), o SBT começou a exibir mais uma vez a novela mexicana “A Usurpadora”. O sucesso mexicano protagonizado por Gabriela Spanic e por Fernando Colunga foi ao ar originalmente em 1998, na Televisa. A novela foi exibida pela primeira vez no Brasil já em 1999. Ela foi reprisada em 2000, 2005, 2007, 2012 e 2015. O objetivo desta 7ª reprise é barrar o “Balanço Geral”, da Record.

O problema é que a novela fez o SBT ter baixa audiência. Pior que isso, também rendeu muitas críticas ao canal de Silvio Santos. O motivo das críticas foi que no sinal analógico da parabólica e em alguns Estados “A Usurpadora” não foi exibida. Em vez da novela, o SBT exibiu “Chaves” e “Kenan e Kel”, respectivamente.

O fato já é normal: o horário de reprise das 13h no SBT geralmente não exibe a obra para todo o Brasil. Mas os internautas criticaram a emissora ter anunciado a novela e feito muita propaganda da reprise e não ter deixado claro que não era para todo o país. Pior que isso, a emissora fez propaganda da reprise de “A Usurpadora” mesmo em cidades que a novela não será exibida. Internautas reclamaram da “propaganda enganosa”.

2 Comentários
  1. annie Diz

    fala serio! quero ver a novela tira essa porra de chaves!!!!!

  2. yana Diz

    Quero a novela.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.